Lojas com História já têm identificação

Pastelaria Versailles, a Casa Xangai, o café/restaurante Galeto e a loja de cafés e chás Pérola do Chaimite são quatro estabelecimentos de Lisboa, situados na zona da Avenida da República, que receberam hoje, 10 de janeiro, placas identificativas de Lojas com História.

0
Placa de identificação de Lojas com História
Placa de identificação de Lojas com História. Foto: DR

O projeto Lojas com História, criado pela Câmara Municipal de Lisboa (CML) em 2015, tem como objetivo promover e salvaguardar o comércio tradicional nas suas dimensões patrimoniais, históricas e culturais, e que no entender dos responsáveis pelo município lisboeta a colocação das placas ‘Lojas com História’ é também “uma forma de dinamizar o comércio local e promover os produtos e a cultura nacionais.”

Em comunicado a CML indicou que “os responsáveis dos estabelecimentos distinguidos acolheram com entusiasmo a iniciativa camarária”, e a “oportunidade para poderem dar a conhecer alguns aspetos da sua atividade e dar conta de aspetos da história do estabelecimento.”

A placa Lojas com História é em metal escovado que recupera o logotipo desenvolvido pela equipa do Departamento de Design da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. A placa é afixada “em bandeira nas fachadas dos estabelecimentos que fazem parte desta rede, facilitando o reconhecimento por quem se desloca a pé na cidade.”

O projeto ‘Lojas com História’ que envolve 82 estabelecimentos pretende “a preservação e dinamização deste património, sabendo que nele reside uma parte relevante da identidade e carácter da cidade e que é, ao mesmo tempo, um importante mecanismo social e económico para o seu desenvolvimento.”

Para apoiar a manutenção e fomento das características genuínas deste importante sector do comércio ‘Lojas com História’, a Câmara Municipal de Lisboa criou o Fundo municipal ‘Lojas com História´ que foi publicado em Diário da República.

Para além dos apoios financeiros que estão previstos no regulamento, a CML promoveu a criação da identidade visual do programa, pelo que “foram desenvolvidos suportes promocionais variados, como um website, e ainda a constituição de uma equipa municipal dedicada aos lojistas.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!