maat reabre dia 5 de abril com três novas exposições

maat reabre dia 5 de abril de 2021 e inaugura três novas exposições. A AQUARIA – Ou a Ilusão de Um Mar Fechado, X Não é Um País Pequeno – Desvendar a Era Pós-Global, e Earth Bits – Sentir o Planeta, no maat até 6 de setembro de 2021.

0
maat reabre dia 5 de abril com três novas exposições
maat reabre dia 5 de abril com três novas exposições. Foto: © Rosa Pinto

A nova temporada do maat- Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia tem abertura marcada para dia 5 de abril de 2021, com a inauguração de três novas exposições. O edifício da Central Tejo abre ao público a 24 de abril.

AQUARIA. Ou a Ilusão de Um Mar Fechado com curadoria de Angela Rui

Exposição que reflete sobre possibilidades e novas questões que o repensar da nossa relação com o mundo marinho poderia enfrentar. Aquaria são dispositivos que organizam e representam a vida marinha, sistemas complexos que, no paradigma da modernidade e da urbanização, personificam a transformação da Natureza em Cultura, graças ao apoio da Tecnologia e do Capital. A exposição inclui um filme de Armin Linke realizado inteiramente nos bastidores do Oceanário de Lisboa.

X Não é Um País Pequeno Desvendar a Era Pós Global com curadoria de Aric Chen com Martina Muzi

Esta exposição inclui 9 projetos recentemente criados por profissionais internacionais que trabalham em design, arquitetura e arte e que investigam, articulam e criticam o estado atual e convoluto do mundo a partir de múltiplas perspetivas geográficas. X Não é Um País Pequeno explora a nossa atual condição pós-global, observando em diferentes escalas – territórios, cidades, infraestruturas, plataformas, corpos, objetos – os processos de desglobalização e realinhamento geopolítico que, em muitos casos, foram acelerados e distorcidos em ciclos de fluxo e revisão em rápida evolução durante a atual pandemia.

EARTH BITS Sentir o Planeta instalação do estúdio dotdotdot

Este projeto é uma comissão especial ao estúdio de design sedeado em Milão dotdotdot, desenvolvido com a colaboração científica da Agência Espacial Europeia (ESA), e da Agência Internacional de Energia (IEA) e o apoio da EDP Inovação e da Direção de Sustentabilidade do Grupo EDP. Esta instalação é uma viagem sem precedentes, impulsionada por dados apresentados através de wallpapers gráficos e digitais, vídeos animados e uma estação interativa que desempacotam e comparam as saídas energéticas de ações antrópicas, emissões relevantes de CO2 e GEE e os seus efeitos aniquiladores na vida do planeta.

FIM-DE-SEMANA DE 24 E 25 DE ABRIL

Evento de dois dias com participação de artistas e curadores envolvidos nas três novas exposições com o mote de repensar o nosso futuro coletivo. Serão duas tardes de eventos ao vivo, conversas e performances.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!