Maria da Graça Carvalho defende importância dos setores culturais e criativos

Maria da Graça Carvalho, eurodeputada, defende, em evento promovido pela região do Alentejo de lançamento do Culture KIrC Fest, que os setores culturais e criativos devem assumir importância nos planos de recuperação económica, com a afetação de 2% das verbas.

0
Maria da Graça Carvalho defende importância dos setores culturais e criativos
Maria da Graça Carvalho defende importância dos setores culturais e criativos. Foto: DR

A deputada ao Parlamento Europeu, Maria da Graça Carvalho, defendeu, durante o evento online de lançamento do Culture KIrC Fest, a importância de ser dada a devida atenção aos setores culturais e criativos. O evento foi promovido pela região do Alentejo com cofinanciado da União Europeia e apoiado do governo português e por diversos organismos alentejanos.

Maria da Graça Carvalho indicou que os setores culturais e criativos devem ter a sua importância traduzida nos planos de recuperação económica, e que subscreve os apelos para a consignação de 2% das verbas do plano português a estes setores.

Pela primeira vez, o programa-quadro da Investigação Científica e Inovação da União Europeia, o Horizonte Europa, tem uma linha de investimento dedicada especificamente às indústrias culturais e criativas, e com um aumento significativo de verbas destinadas a estas indústrias, lembrou a eurodeputada do PSD.

A eurodeputada referiu ainda o Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (EIT), de que foi redatora da agenda estratégica, e que é parte do programa-quadro, lembrando que o EIT terá, também pela primeira vez, uma Comunidade de Conhecimento e Inovação (KIC) dedicada aos temas da Cultura e do Património.

A região Alentejo já manifestou interesse em acolher atividades, iniciativas, redes e outras ações de capacitação no âmbito desta nova KIC da Cultura, que deverá tornar-se numa realidade já em 2022.

O Culture KIrC Fest insere-se nas atividades do “Novo Bauhaus Europeu”, uma iniciativa internacional que pretende contribuir para o futuro da Europa cruzando o debate de temas como a arte, a cultura, a inclusão social, a ciência e a tecnologia.

No evento, além de exposições de artistas emergentes e concertos online, estão a decorrer residências artísticas e debates sobre temas como a Inovação e o Digital.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!