Marinha vigiou passagem de navio russo por águas nacionais

Navio russo ‘Admiral Vladimirskiy’ de pesquisa oceânica, em direção ao Mediterrâneo, foi durante dois dias vigiado pelo navio patrulha Cuanza e pela corveta João Roby, da Marinha, enquanto se manteve em águas nacionais.

0
1
Partilhas
Marinha vigiou passagem de navio russo por águas nacionais
Marinha vigiou passagem de navio russo por águas nacionais. Foto: © Marinha

O navio de pesquisa oceanográfica da marinha russa ‘Admiral Vladimirskiy’ passou, durante os dois últimos dias, em águas nacionais. A Marinha empenhou dois navios para acompanhar o navio russo, no quadro das responsabilidades nacionais na OTAN, de partilha de informação e de patrulha e vigilância de navios considerados de interesse.

De acordo com a marinha o navio russo provinha do mar do Norte e encontra-se em trânsito para Gibraltar em direção ao Mediterrâneo. O navio entrou na Zona Económica Exclusiva (ZEE) portuguesa na madrugada de sexta-feira, dia 14 de abril, e começou por ser acompanhado pelo navio patrulha Cuanza, em missão na zona marítima do Norte. Posteriormente, a corveta João Roby, já ao largo de Lisboa, acompanhou desde ontem pelas 18h00 o navio russo até à saída da ZEE portuguesa, a Sul do Algarve.

A missão de vigilância terminou no hoje, sábado, dia 15 de abril, pelas 10h00, após o navio ter saído das águas de jurisdição portuguesa, passando a ser monitorizado por navios das marinhas aliadas da NATO, a partir de Gibraltar.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz