Mário Centeno eleito presidente do Eurogrupo

Ministros das finanças dos 19 Estados-Membros da zona euro elegeram, hoje, Mário Centeno, ministro das Finanças português para presidente do Eurogrupo. Mário Centeno toma posse do cargo no dia 13 de janeiro de 2018.

0
1
Partilhas
Mário Centeno, presidente eleito do Eurogrupo
Mário Centeno, presidente eleito do Eurogrupo, Foto: DR

O ministro das Finanças, Mário Centeno, foi eleito presidente do Eurogrupo, derrotando os colegas candidatos ao cargo da Eslováquia, da Letônia e do Luxemburgo. Mário Centeno assume o cargo, até agora ocupado por Jeroen Dijsselbloem, em 13 de janeiro de 2018.

No final da reunião do Eurogrupo, que elegeu o novo presidente, Jeroen Dijsselbloem referiu: “Mário Centeno emergiu como um candidato bem sucedido após duas rondas, ele agora tem o apoio unânime do Eurogrupo”

Sobre a eleição Mário Centeno referiu: “É uma honra ser o próximo presidente do Eurogrupo”, pelo que “gostaria de agradecer a todos os meus colegas do grupo, especialmente aqueles que estavam também presentes nesta corrida” ao cargo.

Mário Centeno acrescentou: “É uma honra por causa da relevância da qualidade de todos os meus colegas e da importância do trabalho que devemos realizar nos próximos dois anos.”

Em face dos diversos desafios que se colocam às economias na zona euro, Mário Centeno, referiu: “Temos uma única janela de tempo para preparar melhor nossas economias e as nossas sociedades. Estamos muito focados nisso e eu serei apenas o presidente do Eurogrupo porque o grande trabalho tem de ser feito por todos os Estados-Membros, pela Comissão, e por todas as instituições europeias, obviamente estou pronto para trabalhar com eles para formar consensos sobre o que, também, Jeroen nos deixou como uma herança.”

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz