Matosinhos assinala Dia Mundial da Terra com horta comunitária

Matosinhos tem mais uma horta comunitária que assinala Dia Mundial da Terra, 22 de abril. Luísa Salgueiro presidente da edilidade matosinhense lembra desta forma o dia dedicado aos valores da preservação ambiental e da sustentabilidade.

0
Matosinhos assinala Dia Mundial da Terra com horta comunitária
Matosinhos assinala Dia Mundial da Terra com horta comunitária. Foto: Rosa Pinto

A Câmara Municipal de Matosinhos (CMM) e a Lipor – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto inauguram, dia 22 de abril, a nova horta comunitária do Padrão da Légua, uma forma de assinalar o Dia Mundial da Terra.

A CMM vai, com a presença no evento de Luísa Salgueiro, presidente da autarquia, assinalar neste dia “os valores da preservação ambiental e da sustentabilidade”.

A Horta do Padrão da Légua, que está integrada no projeto Horta à Porta – Hortas Biológicas da Região do Porto, disponibiliza 33 talhões de terreno com 25 metros quadrados de área, que podem ser cultivados pela população local após inscrição obrigatória na Loja do Munícipe da Câmara Municipal de Matosinhos.

A horta comunitária está localizada numa área delimitada pelas Rua e Travessa Carlos Oliveira e pela Travessa Central do Seixo. A horta conta com uma casa de abrigo para armazenar as ferramentas, equipamentos de compostagem individuais e vários pontos de água.

Aos futuros utilizadores dos talhões é dada formação em agricultura biológica, pela Lipor, e os “novos agricultores” comprometem-se a cultivar a horta recorrendo à utilização da matéria orgânica resultante do processo de compostagem, sendo que os produtos cultivados devem destinar-se exclusivamente a consumo próprio.

O projeto Horta à Porta, que conta já com várias unidades no concelho de Matosinhos, tem como objetivo “promover a qualidade de vida da população, através de boas práticas agrícolas e da qualidade dos produtos consumidos”, recorrendo “sempre à utilização de práticas de compostagem e a métodos da agricultura biológica.”

A iniciativa promove “a criação de espaços verdes dinâmicos”, e sobretudo “o contacto com a natureza, hábitos saudáveis e a redução de resíduos, contribuindo para a defesa do ambiente.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!