Militares da Força Aérea distinguidos pelo sucesso da alienação de F-16 à Roménia

Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes distinguiu, com a Medalha de Defesa Nacional, 29 militares da Força Aérea, pelo sucesso do programa de modernização e alienação de 12 aeronaves F-16 à Roménia.

0
1
Partilhas
Militares da Força Aérea distinguidos pelo sucesso da alienação de F-16 à Roménia
Militares da Força Aérea distinguidos pelo sucesso da alienação de F-16 à Roménia. Foto: © DR

O Ministro da Defesa Nacional (MDN), José Alberto Azeredo Lopes distinguiu 29 militares da Força Aérea com a Medalha de Defesa Nacional, pelo desempenho que tiveram no projeto de ‘elevada complexidade’ de modernização e alienação de 12 aeronaves F-16 à Roménia.

Dia 27 de janeiro, Azeredo Lopes impôs as insígnias a 24 militares, dado que 5 não puderam estar presentes por se encontrarem em missão no estrangeiro ou por razões de saúde. O Chefe do Estado-Maior General da Força Aérea, General Manuel Rolo, foi um dos militares distinguidos com a Medalha da Defesa Nacional, pelo trabalho desenvolvido enquanto Diretor do Programa.

Nota do MDN indica que o Ministro da Defesa Nacional também distinguiu o Contra-Almirante Gameiro Marques com a Medalha de Serviços Distintos, pela “competência e dedicação” com que desempenhou a função de Secretário-Geral-Adjunto, e o Sargento-Mor Henrique Maia e Silva, com a Medalha de Defesa Nacional, pelo extraordinário desempenho evidenciado nas funções de Chefe de Apoio Geral, na Unidade de Apoio Técnico e Administração, da Polícia Judiciária Militar.

O Ministro agradeceu aos militares “o trabalho exemplar” que foi feito na “modernização dos caças F-16 já entregues à Roménia” e acrescentou que “permanecerá como um caso paradigmático de excelente gestão e programação, e como um exemplo de competência a todos os níveis das Forças Armadas e da Força Aérea portuguesas”.

Para Azeredo Lopes, “a participação de Portugal neste programa é um exemplo irrefutável de como a Defesa pode (e deve) contribuir para o crescimento económico do nosso tecido empresarial”.

O Ministro acrescentou ainda que “envolvimento da OGMA no processo de modernização dos F-16 foi, e é, um fator de reconhecimento da nossa indústria aeronáutica noutros mercados e, consequentemente, junto de potenciais novos clientes. Numa fórmula muito simples, que aqui relevo com muita satisfação: a Defesa Nacional gera valor”.

O Ministro concluiu com “uma saudação e um agradecimento muito especiais e merecidos tanto ao anterior como ao atual Diretor do Programa, General Manuel Rolo e Tenente-General Joaquim Borrego”.

O trabalho desenvolvido por todos os elementos no processo dos F-16 mereceu uma referência pelo Ministro da Defesa Nacional, incluindo todos os militares “que lideraram os vários grupos de trabalho, reuniões e negociações, e, por fim, aos pilotos instrutores e de testes de F-16, Tenente-Coronel Afonso Gaiolas, Tenente-Coronel João Rosa e Major José Dias”.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz