Ministério da Saúde abre concurso para 86 médicos de família

Concurso para 86 médicos de família, com vínculo ao Serviço Nacional de Saúde, foi aberto pelo Ministério da Saúde, para dotar as Administrações Regionais de Saúde de recursos que lhes permita atribuir aos cidadãos médico de família.

0
Ministério da Saúde
Ministério da Saúde. Foto: © Rosa Pinto

O Ministério da Saúde abriu, ontem, um concurso para preenchimento de 86 postos de trabalho na área de Medicina Geral e Familiar. Os candidatos devem possuir vínculo ao Serviço Nacional de Saúde, e neste caso, pretenderem alterar o seu local de trabalho.

O concurso prevê 30 vagas na Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo, 30 vagas na ARS Centro, 20 vagas na ARS Norte e seis na ARS Algarve. As vagas são distribuídas por unidades em 33 agrupamentos de centros de saúde.

O concurso tem um prazo de resposta de cinco dias úteis e pretende, de acordo com o Governo, “aperfeiçoar a gestão de recursos humanos e a motivação dos seus profissionais de saúde”.

O Ministério da Saúde pretende ir ao encontro da necessidade da atribuição de médico de família a todos os portugueses e indicou que o método adotado para o efeito tem levado à realização anual de dois concursos para colocação de recém-especialistas.

Este curso, em concreto, vem responder às necessidades de alteração de local de trabalho que não têm sido respondidas através dos concursos de mobilidade, indicou o Ministério da Saúde.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!