Morreu António Arnaut, criador do Serviço Nacional de Saúde

António Arnaut, conhecido como ‘pai’ do Serviço Nacional de Saúde, morreu aos 82 anos. Foi um dos fundadores do Partido Socialista e deputado e como ministro dos Assuntos Sociais no Governo de coligação PS e CDS, lançou o SNS.

0
Morreu António Arnaud, criador do Serviço Nacional de Saúde
Morreu António Arnaut, criador do Serviço Nacional de Saúde. Foto: TVEuropa

António Duarte Arnaut, natural de Cumeeira, Peneda, foi advogado, tendo obtido a licenciatura em Direito, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, em 1959, e desde cedo envolveu-se na política tendo sido candidato Assembleia Nacional em 1969, por Coimbra, e cofundador do Partido Socialista.

Como Ministro dos Assuntos Sociais do II Governo Constitucional, numa coligação entre o PS e o CDS de Diogo Freitas do Amaral, lançou o Serviço Nacional de Saúde (SNS). Por isso tem vindo a ser reconhecido como o ‘pai’ do SNS.

Um homem ativo que exerceu diversos cargos na Ordem dos Advogados, nomeadamente o de presidente do Conselho Distrital de Coimbra, sendo mesmo o autor de um Estatuto da Ordem dos Advogados Anotado, bem como de um ensaio intitulado Iniciação à Advocacia, destinado a estudantes e jovens advogados. Já em 2007, recebeu a Medalha de Honra da Ordem dos Advogados.

Em 1995, fundou a Associação Portuguesa de Escritores Juristas, de que foi presidente, vogal do Conselho Superior da Magistratura.

De entre os vários reconhecimentos conta o grau de Grande-Oficial da Ordem da Liberdade a 25 de abril de 2004, nas comemorações dos 30 anos da Revolução de 25 de Abril, a 7 de abril de 2016, no Dia da Saúde, recebeu o grau de Grã-Cruz da Ordem da Liberdade pelo Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!