Morreu Raul Calado, crítico e divulgador de Jazz

Raul Calado, crítico e divulgador de Jazz, responsável pela tradução em Portugal dos primeiros livros de jazz, e ao longo do tempo sempre à frente na promoção deste género musical, morreu. Uma perda já lamentada pelo Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes.

0
Morreu Raul Calado, crítico e divulgador de Jazz
Morreu Raul Calado, crítico e divulgador de Jazz. Foto: TV Europa

O Crítico e divulgador de jazz, Raul Calado, morreu ontem. O Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, “lamenta profundamente a morte” daquele que “foi responsável pela tradução em Portugal dos primeiros livros de jazz e esteve à frente do nosso Hot Club nos anos 50.”

O Ministro indicou que “devemos-lhe igualmente reconhecimento pela criação, em plenos anos de Ditadura, do Clube Universitário de Jazz de Lisboa, que acabaria por ser fechado em 1961.”

Raul Calado contribuiu “definitivamente para a divulgação do jazz no nosso país, quer através da publicação de textos na imprensa, quer pela realização de inúmeras sessões fonográficas e conferências em diversas instituições e clubes estudantis.”

Ao longo da carreira, Raul Calado contribuiu para que o conhecimento do jazz chegasse a vários públicos, “deixando a todos nós esse importante legado”, indicou o Ministro da Cultura.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!