Municípios do Nordeste em projetos europeus de Património Cultural Rural e Participação Social Ativa

AECT León-Bragança integra projetos europeus sobre de Património Cultural Rural e de Participação Social Ativa. Financiados pelo ERASMUS+ da União Europeia promovem a participação cívica a nível internacional e a economia com base no património cultural rural.

0
Municípios do Nordeste em projetos europeus de Património Cultural Rural e Participação Social Ativa
Municípios do Nordeste em projetos europeus de Património Cultural Rural e Participação Social Ativa. Foto: © Rosa Pinto

O Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) León-Bragança integra como parceiro os projetos “My Language-Your Language” de Participação Social Ativa, e “Rural Heritage”, de Património Cultural Rural. Ambos os projetos são financiados pelo Programa ERASMUS+ da União Europeia.

O projeto “My Language-Your Language” tem como objetivo analisar os melhores métodos e boas práticas no contexto da participação cívica, a nível internacional, que levem à formação e aprendizagem de novas metodologias de fomento da participação cívica em determinados grupos-alvo.

A coordenação do projeto é da entidade alemã “Bem-Estar Social de Colónia”, e tem como parceiros a “Academia de Educação Política e Promoção da Democracia”, da Áustria, a “Associação de Agências da Democracia Local”, de Itália, e o AECT León-Bragança, de Portugal.

O projeto “Rural Heritage” tem como objetivo contribuir para a profissionalização, promovendo um plano de formação de guias-intérpretes, e para o desenvolvimento económico baseado no património para fins turísticos no meio rural, através de um plano de formação e de materiais de formação profissional, tanto para professores e alunos, como para a população rural, procurando melhorar o acesso à formação e qualificação para todos.

Tem também como objetivo sensibilizar para a importância do património cultural rural, tangível e imaterial, promovendo o intercâmbio intercultural e intergeracional do património rural europeu.

O projeto é coordenado pelo AECT León-Bragança e integra a empresa de consultoria ambiental SERVIMA, de León, Espanha, a Associação de Municípios do Nordeste de Portugal, CORANE, a Universidade de Budapeste, Eötvös Loránd, na Hungria, o Centro Oficial do Instituto de Educação e Formação Profissional da República da Eslovénia (CPI); e o centro privado de formação profissional em Trento, FOR.ES, em Itália.

Treze especialistas em património cultural, formação profissional e desenvolvimento rural dos cinco países europeus debateram e delinear as estratégias a adotar, que incluem, ao longo dos dois anos, a promoção, em cada país, de reuniões de trabalho, seminários, eventos e ações de formação com o objetivo de promover redes de aprendizagem e comunicação entre os beneficiários do projeto, as autoridades, as empresas e os agentes sociais, ligados direta ou indiretamente com a temática do projeto.

Ações que vão estar abertas à participação de todos os cidadãos, em especial dos oriundos do meio rural.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!