National Geographic Society na Praça da Sé em Bragança

Bragança recebe a exposição “De Polo a Polo, uma viagem fotográfica aos últimos paraísos naturais”, na Praça da Sé, até 10 de maio. Constituída por 52 trabalhos de mais de 30 prestigiados fotógrafos da National Geographic.

0
National Geographic Society na Praça da Sé em Bragança
National Geographic Society na Praça da Sé em Bragança. Foto: DR

A Praça da Sé, um dos locais mais emblemáticos e icónicos da cidade de Bragança acolhe a exposição “De Polo a Polo, uma viagem aos grandes paraísos naturais”. A exposição reúne 52 trabalhos de mais de 30 prestigiados fotógrafos da National Geographic, alguns destes distinguidos com os prémios Wildlife Photographer of the Year e World Press Photo.

A exposição dá-nos a conhecer através de imagens de rara beleza espaços naturais da Terra, do Ártico à Antártida. Um trabalho que pretende sensibilizar para a importância de conservar estas áreas únicas do Planeta e para levar a refletir sobre os efeitos da elevada taxa de extinção de espécies e da destruição de habitats como resultado do nosso estilo de vida.

Uma reflexão em que deve ter em conta que mais de metade das espécies de plantas do mundo e mais de um terço dos mamíferos, aves, répteis e anfíbios vivem em apenas 2,3% da superfície terrestre, em habitats que estão a desaparecer. A perda de diversidade biológica é alarmante e está a aumentar de forma muito rápida, e últimos dados apontam que Portugal apresenta uma das taxas mais elevadas de perda de biodiversidade entre os países da União Europeia.

A exposição é uma viagem por alguns dos mais espetaculares espaços naturais da Terra, muitos deles conhecidos como “hotspots”, ecorregiões terrestres reconhecidas pela sua elevada biodiversidade e que estão gravemente ameaçadas pela atividade humana. Uma viagem do Ártico à Antártida e por todos os biomas da Terra através de fotografias do arquivo da National Geographic Society.

A exposição, que faz parte do programa Arte na Rua, a Fundação ”la Caixa”, em colaboração com o BPI e o Município de Bragança, apresentam algumas das melhores fotografias de natureza tiradas por fotógrafos da National Geographic.

O programa Arte na Rua tem como objetivo levar a ciência, a natureza e a cultura às pessoas fora do contexto habitual dos museus e salas de exposição. A iniciativa que envolve a Fundação “la Caixa” e o BPI pretende a divulgação da cultura como um instrumento fundamental para promover o crescimento das pessoas levando conhecimento a públicos de todas as idades e contextos educativos.

A iniciativa lançada em 2006 tem desde então levado ao grande público criações de artistas como Auguste Rodin, Henry Moore e os fotógrafos Cristina Garcia Rodero e Sebastião Salgado, entre outros. Agora, em colaboração com a National Geographic Society, o programa integra uma nova linha centrada na ciência e na natureza.

A exposição pode ser visitada na Praça da Sé, em Bragança, até dia 10 de maio de 2021, às 24 horas por dia.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!