Navio Viana do Castelo em missão nos Açores durante três meses

Navio Patrulha Oceânico Viana do Castelo partiu para a Região Autónoma dos Açores, onde deve chegar dia 29 de dezembro. Durante três meses o NRP Viana do Castelo vai estar em missão na região.

0
Navio Patrulha Oceânico Viana do Castelo
Navio Patrulha Oceânico Viana do Castelo. Foto: Marinha

O Navio Patrulha Oceânico Viana do Castelo é uma das várias unidades navais que, permanentemente, assegura o dispositivo de busca e salvamento da Marinha na região dos Açores, apoia os órgãos de proteção civil regionais em caso de calamidade ou catástrofe natural e efetua ações de vigilância, patrulha e fiscalização marítima, com especial incidência nas áreas de reserva e áreas marinhas protegidas e a embarcações de bandeira comunitária que exercem a sua atividade no exterior das 100 milhas da Zona Económica Exclusiva (ZEE) dos Açores.

Para executar mais uma missão na Região Autónoma dos Açores, o NRP Viana do Castelo partiu para a região, onde deve chegar a 29 de dezembro.

Simultaneamente, o Viana do Castelo assegura nos Açores o apoio permanente à Autoridade Marítima Local nas diversas áreas de intervenção institucional da Autoridade Marítima. A tripulação do navio é dotada de experiência em ações de vigilância, segurança e socorro em situações críticas no mar.

A Marinha tem vindo numa missão permanentemente a garantir a segurança dos marítimos e a proteção do valioso ecossistema marinho da região dos Açores, bem como a sustentabilidade dos recursos naturais para as futuras gerações, mitigando e dissuadindo eventuais tentativas de exploração indevidas dos recursos.

O Viana do Castelo vai estar também empenhado na monitorização de potenciais navios de investigação científica que possam estar a operar na região sem a devida autorização do Estado português.

O NRP Viana do Castelo entrou ao serviço da Marinha em 30 de março de 2011, está dotado de modernos sistemas de navegação e de vigilância, bem como de peça de artilharia de 30 mm, sensor eletro-ótico e dois radares de navegação. Possui um deslocamento de 1.850 toneladas, comprimento de 83,1 metros, boca máxima de 12,95 metros, um calado de 3,82 metros e uma velocidade de 21 nós. A guarnição é constituída por 6 oficiais, 9 sargentos e 27 praças.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!