Nova licenciatura em Artes Visuais na Universidade do Minho

Universidade do Minho abre uma nova licenciatura em Artes Visuais na Escola de Arquitetura. O curso de primeiro ciclo vai funcionar no campus de Couros, em Guimarães, e possui um plano de estudos inovador.

0
Nova licenciatura em Artes Visuais na Universidade do Minho
Nova licenciatura em Artes Visuais na Universidade do Minho. Campus de couros, em Guimarães. Foto: DR

Universidade do Minho lança curso de licenciatura em Artes Visuais já este ano de 2018/2019. O curso que irá funcionar no campus de Couros, em Guimarães, tem a duração de três e abre este ano 25 vagas. Das provas de ingresso faz o Desenho ou Geometria Descritiva ou História da Cultura e das Artes.

O plano de estudos da licenciatura em Artes Visuais possui uma abordagem inovadora às novas correntes profissionais em que se inclui uma forte componente do digital bem como as várias práticas da pintura, escultura e multimédia.

O profissional de artes visuais com grau de licenciatura tende a assumir cada vez mais o papel de conceção de projeto e nesse sentido o curso faz uma aposta em disciplinas como o desenho e a geometria, mas também nas tecnologias artísticas, na teoria da arte e em experiências multidisciplinares de arte contemporânea.

O curso dá ao estudante a possibilidade de “definir as suas escolhas num crescente processo de autonomia, em diferentes espaços oficinais, laboratoriais e de exposição e dinamização cultural, em intercâmbio com a comunidade.”

O curso, que é coordenado pela Professora Natacha Moutinho, “beneficia de vinte anos de experiência da Escola de Arquitetura”, uma experiencia que incluiu “o ensino da Arquitetura, Design e Desenho,” e que agora transfere este saber para o novo curso de primeiro ciclo em Artes Visuais, mas também a ligação ao mundo empresarial, e assim “completando o espaço da formação na área da Criatividade e da criação es​tética e formal.”

O curso encontra-se acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES). Na acreditação foi dado como positivo oferecer uma “formação educativa em artes visuais, de carácter transversal e que procura uma polivalência formativa em linha com as tendências artísticas contemporâneas”. A A3ES considera que “o aproveitamento do potencial aparente de candidatos para um curso de formação genérica de natureza transversal será, possivelmente, um objetivo concorrencial no panorama do ensino público”, e releva como positivo que a disciplina “Atelier existe em todos os 6 semestres.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!