O que é mais importante num curriculum?

Evitar erros gramaticais, mencionar Universidade e empresa de renome, indicar contacto de Skype bem como links de redes sociais, entre outras informações, favorece o curriculum de um candidato no momento de análise para um emprego.

0
1
Partilhas
O que é mais importante num curriculum?
O que é mais importante num curriculum?. Foto: Rosa Pinto

Um estudo elaborado pela consultora de recrutamento Michael Page conclui que o mais importante num curriculum é não possuir erros gramaticais, estar identificada a Universidade onde estudou e constar a empresa de renome onde já trabalhou.

A consultora Michael Page entrevistou para o estudo 564 candidatos e 25 consultores de recursos humanos em Portugal com o objetivo de saber o que estes dois grupos procuram no momento da candidatura a um trabalho e como aperfeiçoar a formatação, estrutura e conteúdo do curriculum vitae, dado este ser o bilhete postal do candidato.

Vasco Salgueiro, senior manager da Michael Page, referiu, citado pela empresa, que através das conclusões do estudo é possivel “contribuir para o aperfeiçoamento do curriculum, bem como ajudar na preparação do candidato no momento da candidatura, ou de uma entrevista de trabalho”, e acrescentou que “do ponto de vista das consultoras de recrutamento, estes dados podem ajudar a compreender melhor os perfis dos candidatos” e a ajustarem os mesmos às ofertas de trabalho e “assim encontrar o matching profissional perfeito”.

Novas tecnologias e criatividade

O atual peso tecnológico em todas as atividades individuais e empresariais leva a que 84% dos consultores tenha considerado que o currículum deve incluir o contacto de Skype, esta opinião foi também partilhada por 51.2% dos candidatos entrevistados. No entanto, a inclusão de um endereço de email criativo não foi valorizado por nenhuma das partes.

Outra conclusão do estudo indica que 45,7% dos candidatos considerou que incluir os links dos perfis das redes socias fortalece o curriculum vitae, esta percentagem sobe para 68% quando a opinião é dos consultores. Quanto se trata de incluir uma fotografia própria, 433 dos candidatos entrevistados, ou seja 76,8% indica que fortalece a candidatura.

Informação extra e tom de escrita

Num curriculum vitae a introdução no texto de palavras-chave foram consideradas importantes, nomeadamente quando é descrito o trabalho e as funções em anteriores experiências profissionais. Neste caso 91,8% dos candidatos consideraram as palavras- chave importantes e 100% dos consultores tiveram a mesma opinião, dado que os mesmos analisam diariamente em média 100 curricula vitae.

O tom usado na escrita é importante, sendo que 49,1% dos candidatos considerou que o tom casual não ser aconselhado, e 56% dos consultores considerou que enfraquece o texto. Por outro lado 89,9% dos candidatos considerou importante adotar um tom profissional e 96% dos consultores também concordaram.

Quando a decisão de escrita na primeira pessoa, 46,6% dos candidatos afirmou que a mesma fortalece o curriculum, mas 44% dos consultores foi da opinião que a escrita na primeira pessoa o enfraquece.

Tempo de trabalho numa empresa

Um longo período de experiência de trabalho numa empresa foi considerado que beneficia o curriculum de um candidato, dado que 78,5% dos 564 candidatos entrevistados afirmou que fortalece o currículo permanecer na mesma empresa mais de dois anos, uma posição partilhada por 92% dos consultores.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz