Obras de arte do Millennium bcp vão ser expostas no Museu do Chiado

Obras de arte da coleção Millennium bcp vão ser expostas no Museu Nacional de Arte Contemporânea. Um protocolo assinado hoje, em Lisboa, prevê que a Fundação Millennium bcp assuma encargos na requalificação do Museu do Chiado.

0
Obras de arte do Millennium bcp vão ser expostas no Museu do Chiado
Obras de arte do Millennium bcp vão ser expostas no Museu do Chiado. Graça Fonseca, Ministra da Cultura. Foto: TV Europa.

A Direção-Geral do Património Cultural do Ministério da Cultura, a Fundação Millennium bcp e a Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa estabeleceram, hoje, um protocolo de colaboração que vai permitir uma requalificação significativa do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, em Lisboa, e expor no Museu as obras de arte da coleção Millennium bcp.

Para o Ministério da Cultura é importante o trabalho em rede e em parceria. Com este protocolo, de articulação das coleções do Museu Nacional de Arte Contemporânea e da Fundação Millennium bcp, é reforçada a capacidade do Museu enquanto polo de atração cultural da cidade de Lisboa e do país. Um reforço que é potenciado com o envolvimento da Faculdade de Belas Artes no estudo e na divulgação da arte contemporânea.

O protocolo de colaboração prevê o desenvolvimento de atividades entre o Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado e a Fundação Millennium bcp, nomeadamente, a realização de exposições conjuntas. São objetivos o reforço da programação e o aumento do conhecimento da investigação no âmbito da criação artística contemporânea, ou seja, pretende-se enriquecer a diversidade da oferta cultural e fomentar o acesso à arte.

Para as entidades envolvidas no protocolo uma das mais-valias esperadas é o reforço do número de visitantes, atendendo ao potencial histórico-cultural e económico da zona onde se situa o Museu. Outra das vantagens é o aumento potencial das coleções, através das suas complementaridades expositivas, a par do estímulo à criação artística e à respetiva preservação e valorização do património imobiliário.

No âmbito deste protocolo a Direção-Geral do Património Cultural disponibiliza à Fundação Millennium bcp uma área de 315 m2 para a exposição de obras da sua coleção, e a Fundação Millennium bcp procede à execução de obras de recuperação e de adaptação, assim como dá acesso à sua coleção, para efeitos de estudo e de investigação.

Com estipulado, no protocolo, a Faculdade de Belas Artes vai disponibilizar ao Museu Nacional de Arte Contemporânea e à Fundação Millennium bcp o acesso a uma área descoberta, que está sob a sua gestão, bem como promover a investigação da obra de artistas representados nas coleções do Museu e da Fundação.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!