Peregrinação Internacional Aniversária de maio de 2018

Depois da peregrinação do Papa Francisco, do Centenário das Aparições, e da canonização dos santos Francisco e Jacinta Marto, o Santuário de Fátima vai receber, nos dias 12 e 13 de maio, a Primeira Peregrinação Internacional Aniversária do Ano Pastoral.

0
Peregrinação Internacional Aniversária de maio de 2018
Peregrinação Internacional Aniversária de maio de 2018. Santuário de Fátima. Foto: Rosa Pinto

Primeira Peregrinação Internacional Aniversária do Ano Pastoral vai decorrer nos dias 12 e 13 de maio de 2018, à Cova da Iria. O Ano pastoral está a ser vivido em Fátima sob o tema “Tempo de graça e misericórdia: dar graças pelo dom de Fátima”, e sublinha a consciência do dom recebido, iniciativa gratuita e amorosa de Deus.

Depois de um ano do Centenário das Aparições, que teve o ponto alto da celebração em maio de 2017 com a peregrinação do Papa Francisco à Cova da Iria, e com a canonização dos santos Francisco e Jacinta Marto, o Santuário de Fátima prepara-se para dar continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo de sete anos e que culminou com a celebração do Ano Jubilar.

A peregrinação internacional de maio vai ser presidida pelo cardeal John Tong, bispo emérito de Hong kong, que acedeu prontamente ao convite feito pelo bispo de Leiria-Fátima.

Em outubro de 2018 será a vez estar em Fátima bispo de Hiroshima, D. Alexis Mitsuru Shirahama, que também aceitou o convite e assim é materializada a atenção que o Santuário de Fátima tem prestado à Ásia cujo número de peregrinos tem vindo a aumentar anualmente, como recordou D. António Marto na alocução aos hoteleiros de Fátima, no âmbito do 40º Encontro de Hoteleiros que é promovido anualmente.

O bispo de Leiria-Fátima referiu: “Tínhamos de trazer um bispo asiático a Fátima”, porque “a Ásia é o eixo para onde o mundo cristão caminha”. O bispo sublinhou ainda o carinho e a devoção manifestadas pelos peregrinos asiáticos.

Cardeal John Tong

John Tong, nasceu em 1939, foi ordenado sacerdote em 6 de janeiro de 1966 e recebeu a consagração episcopal em 9 de dezembro de 1996, em 2009 substituiu o cardeal Joseph Zen Ze-kiun como novo bispo de Hong Kong . Em 18 de fevereiro de 2012, no Primeiro Consistório Ordinário Público recebeu o barrete cardinalício e o título de “Regina Apostolorum”.

Programa da Peregrinação

A Peregrinação Internacional vai contar com celebrações em que se destaca, no dia 12 de maio, a abertura na Capelinha das Aparições, às 18h30; Rosário às 21h30, seguido da Procissão das Velas e Missa da Vigília, no Recinto. No dia 13, o Rosário será às 9h00, seguido da Missa Internacional no Recinto, às 10h00 e Procissão do Adeus.

Recital de Andrea Bocelli

No dia 13 de maio, às 16h00, realiza-se o Recital de Ação de Graças pelo Centenário das Aparições com Andrea Bocelli, que será acompanhado pela pianista francesa Elisabeth Sombart e pela violinista ucraniana Anastasyia Petryshak, sob a já habitual direção musical de Carlo Bernini.

Entre o repertório, composto por 11 temas, está o Ave de Fátima, que será interpretado por uma convidada de Andrea Bocelli, Ana Moura, naquele que será um dos momentos mais altos deste recital, especialmente voltado para a interpretação de música sacra.

Andrea Bocelli, que conseguiu fazer do belcanto um dos géneros mais ouvidos em todo o mundo, com êxitos tão importantes como Con te Partirò, interpretará Meditation, Jules Massenet; Pietà Signore, Alessandro Stradella; Sancta Maria, Pietro Mascagni; Panis Angelicus, César Franck; Mission, Ennio Morricone; Ave Maria, Giulio Caccini; Ave Maria, Charles Gounod; Corale in Fa minore, J. S. Bach; Ave Maria, Franz Schubert; Agnus Dei, Georges Bizet; Ave Maria di Fatima, Anonimo e Domine Deus, Gioachino Rossini.

Com uma das melhores vozes de todos os tempos, Andrea Bocelli assumiu-se como um prodígio nos anos 90, com mais de 90 milhões de discos vendidos em todo o mundo.

Ao aliar a gloriosa tradição do belcanto à sensibilidade e à estética da música moderna, Bocelli conquista o coração e a alma do público, sem nunca sacrificar a integridade da sua arte.

Com dez óperas gravadas e vários álbuns de música popular, já venceu cinco BRIT Awards e três Grammys, para além de ter realizado vários concertos em espaços icónicos como o santuário da Aparecida, no Brasil ou a Praça de São Pedro, onde cantou para o Papa Francisco, em 2015, Amazing Grace, durante o encontro que celebrou os 50 anos de ecumenismo na Igreja Católica.

Cerca de 10 mil peregrinos vão poder usufruir deste momento musical, produzido pela Dançar Marketing, empresa brasileira de eventos e mecenas do Recital.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!