Pfizer lança programa para projetos digitais sobre vacinação

Pfizer pretende apoiar projetos de empreendedores e startups que ofereçam soluções digitais para aumentar conhecimento sobre doenças preveníveis por vacinação e sobre a importância da vacinação ao longo da vida. Vaccines Open Tech Awards está aberto até 30 de outubro.

0
Pfizer lança programa para projetos digitais sobre vacinação
Pfizer lança programa para projetos digitais sobre vacinação. Foto: © Rosa Pinto

A Pfizer em Portugal lança Vaccines Open Tech Awards, um programa de inovação desenhado para impulsionar soluções digitais que coloquem as vacinas e as doenças preveníveis pela vacinação no centro da reflexão.

O programa é aberto a startups ou a qualquer empreendedor que podem concorrer ao Pfizer Vaccines Open Tech Awards com projetos que ofereçam soluções digitais que permitam aumentar o conhecimento sobre doenças preveníveis por vacinação, e sensibilizar para a importância da vacinação ao longo da vida.

O Pfizer Vaccines Open Tech Awards possui três grandes categorias para apresentação das iniciativas:

  • Prevenção: Como desenvolver o conhecimento do público em geral sobre doenças infecciosas preveníveis por vacinação e reforçar a importância das vacinas ao longo de toda a vida?
  • Avaliação de risco: Como avaliar ambientes ou situações que podem aumentar o risco de doenças infecciosas preveníveis por vacinação?
  • Apoio aos profissionais de saúde: Como melhorar a journey dos profissionais de saúde, desde a recomendação até à administração das vacinas, ou da formação médica ao diagnóstico?

César Jesus, Vaccines Country Head na Pfizer, explicou que na Pfizer a missão é “evitar doenças potencialmente graves e letais através da vacinação”, pelo que acrescentou: “O apelo à vacinação ao longo da vida é uma das nossas prioridades e continuará a ser uma das nossas bandeiras; é um dos contributos da Pfizer para que cada um de nós tenha a oportunidade de viver uma vida longa, saudável e de grande qualidade. Como? Continuando a apostar na prevenção de doenças graves, nomeadamente através da vacinação.”

Para a Pfizer o programa Pfizer Vaccines Open Tech Awards tem como particularidade a possibilidade de melhoria constante de soluções, ou seja, os projetos possam evoluir enquanto decorre toda a fase de candidaturas, entre 1 de setembro e 30 de outubro 2020.

Para a melhoria das soluções, a Pfizer em Portugal indica que os candidatos podem recorrer aos mentores do projeto: Professor Doutor Filipe Froes (Pneumologista), Professor Doutor Luís Varandas (Pediatra) e Dra. Isabel Saraiva (Presidente da Associação Respira e MOVA – Movimento Doentes pela Vacinação). Os candidatos podem também contar com a equipa da agência de inovação Fabernovel.

Após fim do período de candidaturas são selecionadas 10 candidaturas finalistas, um processo que vai decorrer de 2 de novembro a 25 de novembro. Os 10 finalistas selecionados participarão num pitch no dia 26 de novembro, dia em que serão também conhecidos os vencedores do Pfizer Vaccines Open Tech Awards.

Com esta iniciativa a Pfizer procura soluções digitais que possam explorar a Inteligência Artificial e a Machine Learning, Realidade Aumentada ou Realidade Virtual, Big Data e modelos preditivos, objetos conectados, aplicações e Cloud Health, voz, smart speakers e bots.

Para participar no programa Pfizer Vaccines Open Tech Awards, os interessados podem consultar toda a informação disponível em www.pfizerpro.pt/Open-Tech-Awards, assim como no website institucional da Pfizer.

Para além da experiência e reconhecimento que conquistarão junto do público e dos profissionais de saúde, os vencedores do Pfizer Vaccines Open Tech Awards serão apoiados pela Pfizer no desenvolvimento do seu projeto, financeira e funcionalmente. Independentemente do desafio ao qual responderem, e independentemente da categoria em que foi submetido, o projeto mais pontuado receberá um grande prémio no valor de 15.000,00 Euros. Não acumulável com este prémio, o vencedor de cada categoria receberá um montante de 5.000,00 Euros pelo seu projeto.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!