Politécnico de Leiria recebe um milhão de euros para investigação

FCT e Portugal 2020 aprovaram um investimento de um milhão de euros para nove projetos de investigação do Politécnico de Leiria. Os projetos são nas áreas da engenharia, saúde, gestão, design, cerâmica e aquacultura.

0
1
Partilhas
Instituto Politécnico de Leiria
Instituto Politécnico de Leiria. Foto: DR

No âmbito do concurso destinado à dinamização da investigação científica e desenvolvimento tecnológico (IC&DT) nos Institutos Politécnicos nacionais, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) com financiamento no âmbito dos Programas Operacionais Portugal 2020, aprovou nove projetos apresentados pelo Instituto Politécnico de Leiria.

O financiamento dos nove projetos ascende a de cerca de um milhão de euros para o Politécnico de Leiria e 400 mil euros para os diferentes parceiros envolvidos no desenvolvimento dos projetos. Os projetos têm a duração prevista de 18 meses.

Para Rui Pedrosa, vice-presidente do Politécnico de Leiria, a aprovação dos projetos vem reconhecer que o Politécnico de Leiria possui “competências científicas em diferentes áreas”. Os projetos são multidisciplinares “e de investigação aplicada, onde o conhecimento está ao serviço da sociedade e da promoção da qualidade de vida das pessoas”, e envolvem “parceiros estratégicos da região.”

Todos os nove projetos aprovados “são liderados pelo Politécnico de Leiria”. No domínio da saúde foram aprovados seis projetos, cinco possuem uma “forte componente tecnológica e multidisciplinar entre as áreas da saúde e engenharia”, e um “entre a saúde e a gestão”.

No domínio da otimização de recursos energéticos, foi aprovado um projeto, outro dedicado ao design, sustentabilidade e aquacultura, e também um “dedicado à indústria cerâmica e promoção do património endógeno do setor, promovendo a atividade económico-industrial da região de Leiria.”

Rui Pedrosa, citado em comunicado do Politécnico de Leiria, indicou ainda que “a avaliação do mérito científico de todos os projetos aprovados foi muito positiva, e apesar de ainda não existir resultado do processo de avaliação de um dos projetos liderado pelo Politécnico de Leiria, temos a expectativa de que este também seja aprovado.”

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz