Portugal já adquiriu 31 milhões de doses de vacinas COVID-19

As doses de vacinas contra a COVID-19 já adquiridas por Portugal dão para vacinar 18 milhões de pessoas. O Ministério da Saúde indica que o plano de vacinação está, assim, dependente do calendário do fornecimento das vacinas pelas farmacêuticas.

0
Portugal já adquiriu 31 milhões de doses de vacinas COVID-19. Foto: TVEuropa

Até a esta data, Portugal já conseguiu assegurar mais de 31 milhões de doses de vacinas, que indica o Ministério da Saúde (MS), são doses suficientes para se vacinar mais de 18 milhões de pessoas, dado que entre as vacinas adquiridas algumas são administradas apenas uma vez.

Para o MS se forem confirmadas todas as entregas relativas a todos os contratos já estabelecidos, Portugal terá todas as doses de vacinas de que necessita para cumprir o seu Plano de Vacinação, que é universal e sem outros encargos para os cidadãos vacinados.

Assim, a questão essencial para se acelerar o ritmo de vacinação no País não se prende com a quantidade de vacinas adquiridas, mas sim com o calendário de entrega por parte das farmacêuticas, lembra o MS, que acrescenta que, no âmbito dos contratos estabelecidos pela Comissão Europeia, Portugal adquiriu todas as vacinas possíveis de serem compradas face à sua população (quantidades pro rata).

Mas para além dos contratos iniciais, Portugal adquiriu ainda quantidades adicionais de outras vacinas, nomeadamente da BioNTEch-Pfizer e da Moderna, e prevê também adquirir doses adicionais ao contrato inicial com a AstraZeneca.

A opção adotada pelo Governo, em relação à compra de doses adicionais foi indica o MS “a de escolher as doses adicionais em função dos prazos de entrega, ou seja, escolhendo aquelas que chegariam mais cedo”.

O MS esclarece ainda que “apenas relativamente à companhia Moderna e para além do contrato inicial, Portugal comprou 1 milhão de doses e não optou pela compra de mais 800 mil doses adicionais da Moderna, porque seriam entregues apenas no fim do ano.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!