Procura de Portáteis, tablets e secretárias aumenta com ensino à distância

Ensino à distância faz aumentar procura por portáteis em 70%, tablets em 68% e secretárias em 79%, indica estudo do OLX.

0
Procura de Portáteis, tablets e secretárias aumenta com ensino à distância
Procura de Portáteis, tablets e secretárias aumenta com ensino à distância. Foto: DR

Um estudo do OLX, baseado em dados disponíveis na plataforma, analisa a evolução da procura, oferta e preço médio de portáteis, tablets e secretárias. A análise recaiu sobre o período compreendido entre o dia 26 de janeiro e 5 de fevereiro de 2021 e compara os dados com os do período de 4 a 25 de janeiro de 2021.

Alexandra Santos, Marketing Lead do OLX Portugal, referiu: “Em semana de regresso às aulas, procurámos perceber se o ensino à distância, anunciado por vários meios de comunicação a 25 de janeiro e oficializado pelo Governo a 28 do mesmo mês, tinha efeitos práticos na procura e oferta de alguns artigos. Os alunos precisam de ter condições no seu lar para continuaram a desenvolver normalmente a sua atividade e nota-se claramente que o OLX foi, mais uma vez, um dos locais preferidos dos portugueses para encontrar alternativas mais em conta para os problemas trazidos por esta nova realidade”.

O estudo mostrou os seguintes dados:

  • No caso dos portáteis, em termos de respostas a anúncios no período 26 de janeiro e 5 de fevereiro de 2021, os distritos com maiores subidas são Faro, como mais 110%, Aveiro com 97% e Coimbra com 91%. Os distritos com mais respostas a anúncios destes itens são Lisboa, Porto e Setúbal.
  • Em relação ao preço médio anunciado dos portáteis o valor caiu 1% ao passar de 213,57 euros até 25 de janeiro de 2021 para 211,14 euros.
  • Do lado da oferta, o aumento verificado foi de 4% em comparação dos períodos indicados.
  • Nos tablets, os distritos com maior variação nas respostas a anúncios foram Viseu com 94%, Santarém com 84% e Aveiro com 68%.
  • O preço médio dos tablets subiu 11% ao passar de 124,71 euros para 138,05 euros.
  • Em relação à oferta registou-se uma subida de 5%.
  • No que respeita às secretárias, as regiões com maior aumento registado de um período para o outro foram Coimbra com 68%, Braga com 57% e Porto com 50%.
  • O preço médio das secretárias decresceu -2,7% ao passar de 158,19 euros para 154,29 euros.
  • O número de anúncios novos (oferta) referentes a secretárias cresceu 11%.
Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!