Resgate de náufragos pela Marinha portuguesa em Itália

Fragata D. Francisco de Almeida resgatou 12 migrantes argelinos naufragados no Mar Mediterrâneo a 20 milhas da Sardenha, Itália. Os migrantes em risco de afogamento tiveram cuidados médicos a bordo e foram entregues às autoridades italianas.

0
17
Partilhas
Migrantes resgatados de naufrágio.
Migrantes resgatados de naufrágio. Foto: © Marinha

Na noite de sexta-feira, dia 12 de maio, o navio da Marinha portuguesa, NRP D. Francisco de Almeida, resgatou 12 migrantes náufragos, um deles era um menor de 16 anos, em risco de afogamento a 20 milhas da Sardenha, Itália.

A Fragata D. Francisco de Almeida encontrava-se a participar no exercício organizado pela Marinha italiana, MARE APERTO, quando foi avistada “uma luz emitida por uma espécie de ponteiro laser chamando a atenção da guarnição”. Depois de confirmar a situação de naufrágio foi desencadeada de imediato a operação de resgate.

Os náufragos quando foram resgatados apresentavam sinais de hipotermia. A bordo da fragata foram prestados cuidados médicos, indicou a Marinha. O NRP D. Francisco de Almeida dirigiu-se para a ilha italiana da Sardenha onde pelas 2h00 do dia 13 de maio, ao largo, a sul de Cagliari, entregou os migrantes às autoridades italianas.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz