Risco de incêndio leva CML a encerrar parques recreativos do Monsanto

Câmara Municipal de Lisboa encerra temporariamente os parques recreativos do Alvito, do Alto da Serafina e o Miradouro Panorâmico de Monsanto, bem como cancela todos os eventos nos espaços florestais, devido a alerta sobre risco elevado de incêndios.

0
Risco de incêndio leva CML a encerrar parques recreativos do Monsanto
Risco de incêndio leva CML a encerrar parques recreativos do Monsanto. Foto: Rosa Pinto

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) indicou que tomou um conjunto de medidas preventivas especiais no seguimento do Despacho do Ministro da Administração Interna, que declarou “a situação de alerta” para o território de Portugal Continental, até 06 de agosto, devido ao aumento das temperaturas e risco de incêndio.

As medidas preventivas especiais da CML incluem:

Reduzir ao mínimo a circulação e acesso ao Parque Florestal de Monsanto;
Encerramento do Parque Recreativo do Alvito;
Encerramento do Parque Recreativo do Alto da Serafina;
Encerramento do Miradouro Panorâmico de Monsanto;
Cancelar a realização de eventos no interior dos espaços em regime florestal, nomeadamente, o evento que estava previsto realizar-se na Tapada da Ajuda, no domingo 5 de agosto;
Desaconselhar a utilização dos vários equipamentos coletivos particulares no interior de espaços em regime florestal como é o Parque Florestal de Monsanto;
Desaconselhar a realização de piqueniques e atividades lúdicas no Parque Florestal de Monsanto.

Perante o cenário meteorológico previsto, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) colocou sobre o Estado de Alerta Especial VERMELHO o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais para os distritos de Évora, Setúbal, Lisboa, Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Viseu, Guarda e Bragança.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!