Roadshow académico de Blockchain arranca na Universidade de Lisboa

Aliança Portuguesa de Blockchain leva a tecnologia junto dos alunos do ensino superior. Como funciona e quais os benefícios da Blockchain, e como usa-la para aumentar a competitividade das ideias? A primeira sessão é dia 3 de maio, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

0
Roadshow académico de Blockchain arranca na Universidade de Lisboa
Roadshow académico de Blockchain arranca na Universidade de Lisboa. Foto: DR

A Aliança Portuguesa de Blockchain dá início a um roadshow académico para promover a tecnologia Blockchain. No dia 03 de maio, a apresentação é na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e no dia 04 de maio é no Porto, na Faculdade de Economia, da Universidade do Porto.

O objetivo da Aliança Portuguesa de Blockchain é mostrar aos alunos do ensino superior novas formas de trabalhar com Blockchain, e quais benefícios, bem como podem desenvolver soluções na tecnologia de forma a aumentarem a competitividade das ideias.

Nas sessões, em formato workshop, é explicado aos alunos o que é, como funciona e o que se pode fazer em Blockchain, bem como o que são os Challenges de Blockchain promovidos pela Aliança Portuguesa de Blockchain, e como podem participar nestes Challenges. As sessões vão permitir que os alunos coloquem questões de forma a ver resolvidas eventuais dúvidas.

O roadshow académico, depois do início no dia 3 e 4 de maio, em Lisboa e Porto, tem sessões já programadas para a semana seguinte na Nova SBE, Porto Business School, na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, e no final do mês de maio, no ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão.

Para Rui Serapicos, Embaixador da Aliança Portuguesa de Blockchain, “esta é uma ótima oportunidade para que os estudantes possam ficar a saber mais sobre o que é Blockchain e para que possam conhecer os desafios lançados por importantes empresas portuguesas, estabelecendo assim uma importante ligação entre o mundo empresarial e a academia”.

“Sabemos que Blockchain já faz parte de alguns programas universitários em Portugal e deste modo levamos o conhecimento e a experiência dos parceiros da Aliança junto dos estudantes, melhorando o conhecimento dos alunos nesta matéria e desenvolvendo novas ferramentas de empregabilidade e novas oportunidades de desenvolvimento de negócio”, concluiu Rui Serapicos.

Os Blockchain Challenges constituem desafios criativos e tecnológicos com base em distributed ledgers orientados para vários setores e que procuram responder a uma ou mais necessidades identificadas nesses setores e que o Blockchain pode ajudar a resolver.

Atualmente há já vários ativos: Abreu Advogados Smart Contract Challenge, BCSD Sustainability Challenge, EMEL Mobility Challenge, Fidelidade Insurance Challenge, REN Energy Challenge e Open Innovation Challenge.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!