Ruínas da Cidade Velha de Santa Luzia em Viana do Castelo recebem intervenção

Obra de conservação das Ruínas da Cidade Velha de Santa Luzia em Viana do Castelo vai ter início em janeiro de 2020. A obra que está orçada em 100 mil euros a serem suportados pela Câmara Municipal tem a duração prevista de 180 dias.

0
Ruínas da Cidade Velha de Santa Luzia em Viana do Castelo recebem intervenção
Ruínas da Cidade Velha de Santa Luzia em Viana do Castelo recebem intervenção. Foto: DR

As Ruínas da Cidade Velha de Santa Luzia ou Citânia de Santa Luzia, em Viana do Castelo, vão receber uma intervenção de conservação orçada em mais de 100 mil euros a ter início em janeiro de 2020.

Os trabalhos propostos, com um prazo de execução de 180 dias, incidem na estabilização e restauro das alvenarias dos diferentes sistemas estruturais que constituem a Cidade Velha de Santa Luzia. Trata-se de um notável exemplar dos povoados fortificados existentes no Noroeste Peninsular, tanto pela sua dimensão, como pelo planeamento urbanístico, tipologia construtiva e carácter defensivo.

A Direção Regional de Cultura do Norte indicou que a reposição vai observar as técnicas construtivas tradicionais incluindo a colocação de elementos de travamento transversal com a dimensão e o espaçamento que vier a ser determinado em obra. O assentamento será executado sem recurso à utilização de argamassas evitando a utilização de elementos de fixação, de forma a constituir um aparelho com as características da alvenaria existente.

Vão ser utilizadas as unidades de alvenaria existentes no local e o projeto prevê a possibilidade de recorrer a unidades existentes em depósito, dentro do perímetro da Cidade Velha, caso seja necessário para colmatar espaços ou proceder a reforços complementares.

O investimento na obra é suportado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, e deriva do Protocolo de Colaboração celebrado entre a Direção Regional de Cultura do Norte e o Município de Viana do Castelo, na sequência do Estudo de Impacto Ambiental de Consolidação do Parque Empresarial de Lanheses.

Dado que se considerou ser necessário implementar medidas compensatórias referentes à salvaguarda do património existente no concelho de Viana do Castelo, a Câmara Municipal optou por alocar o investimento no projeto de conservação das ruínas arqueológicas da Cidade Velha de Santa Luzia.

Este monumento nacional, classificado em 1926, é propriedade do Estado Português e encontra-se afeto à Direção Regional de Cultura do Norte, através da Portaria nº 829/2009, de 24 de agosto, sendo da sua competência a manutenção, gestão e valorização deste património.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!