Saúl Silva do ITQB NOVA vence prémio de melhor tese em química orgânica 2017

Tese de doutoramento desenvolvida no Instituto de Tecnologia Química e Biológica por Saúl Silva vence Prémio ‘Melhor Tese Portuguesa em Química Orgânica 2017’. A tese aborda novas maneiras de sintetizar medicamentos, como o Tamiflu.

0
Saúl Silva do ITQB NOVA vence prémio de melhor tese em química orgânica 2017
Saúl Silva do ITQB NOVA vence prémio de melhor tese em química orgânica 2017. Foto: DR

Trabalho de investigação de doutoramento desenvolvido por Saúl Silva no laboratório do investigador Chris Maycock, no Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier, da Universidade Nova de Lisboa, (ITQB NOVA) permitiu ser distinguido com o Prémio para Melhor Tese de Doutoramento em Química Orgânica, atribuido pela Sociedade Portuguesa de Química.

O prémio, patrocinado pela Bial, reconhece o mérito científico de alunos que tenham feito o seu trabalho em instituições portuguesas. Na edição de 2017 foi premiada a tese “Aziridines and their asymmetric conversion to bioactive compounds: Approaches to Terpestacin, Oseltamivir and analogues”.

Saúl Silva referiu, citado em nota do ITQB-NOVA: “A minha tese focou-se no desenvolvimento de novas maneiras de sintetizar medicamentos, como os antivirais tamiphosphor ou oseltamivir, mais conhecido por Tamiflu”.

O premiado acrescentou: “Estes novos processos de síntese podem dar um contributo para a química medicinal, providenciando novas formas de obter estes compostos. Todas as metodologias propostas estão agora ao dispôr da comunidade científica para as usar como entenderem.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!