Science4you recebe 10 milhões de euros do Banco Europeu de Investimento

Banco Europeu de Investimento e Science4you assinam acordo de financiamento de 10 milhões de euros para o desenvolvimento de novos produtos educativos e expansão das vendas. Um financiamento no âmbito do Plano Juncker.

0
1
Partilhas
Román Escolano, Vice-Presidente do BEI
Román Escolano, Vice-Presidente do BEI. Foto: ©BEI

A empresa Science4you e Banco Europeu de Investimento (BEI) assinaram, hoje, acordo de financiamento de 10 milhões de euros para o desenvolvimento de novos produtos e expansão das vendas pela empresa portuguesa.

Com este financiamento o BEI vai “apoiar a educação científica das crianças e financiar a estratégia de crescimento da Science4you”. A empresa Science4you é “100% portuguesa especializada no desenvolvimento, produção e comercialização de brinquedos educativos.”

A Science4you vai utilizar a maioria do financiamento em investimentos em Portugal no aperfeiçoamento dos processos de produção através da compra de novos equipamentos e licenças. O apoio financeiro do BEI é também orientado para o lançamento de novos produtos que combinem Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática e na criação de brinquedos que fomentam a aprendizagem das crianças enquanto estas se divertem.

Com este apoio financeiro pretende-se os novos brinquedos cheguem a mais crianças, pelo que a Science4you irá continuar a expandir-se para os mercados externos, mercados que já representam 60% das vendas. O financiamento vai também para a empresa continuar a desenvolver e implementar a sua estratégia de e-commerce.

O acordo de financiamento entre o BEI e a Science4you foi assinado na sede da empresa, em Loures, por Román Escolano, Vice-presidente do BEI e por Miguel Pina Martins, fundador e CEO da Science4you. O financiamento é garantido pelo Fundo Europeu de Investimentos Estratégicos, o núcleo do Plano de Investimento para a Europa, ou Plano Juncker.

Román Escolano referiu que o BEI está, com este financiamento, a “contribuir para a expansão da Science4you, uma PME portuguesa que exemplifica como o investimento em boas ideias desencadeia emprego e crescimento”, e indicou que “o apoio financeiro do BEI não atinge apenas projetos e infraestruturas de grande dimensão, mas também empresas mais pequenas dispostas a investir no desenvolvimento e na inovação. O apoio às PME é uma das prioridades do Banco da União Europeia em Portugal”.

Por sua vez, Miguel Pina Martins referiu que a empresa “continua a crescer, não apenas em Portugal, mas também em outros mercados, onde os brinquedos já são comercializados em mais de 20 mil pontos de venda de retalhistas de referência como a Target, Harrods e John Lewis”, e acrescentou: “Esta ronda de financiamento vai permitir-nos continuar a crescer a nível internacional, mas também apostar em novas ferramentas e no mercado de e‑commerce, fundamental para o crescimento da empresa.”

O projeto da Science4you, financiado pelo BEI, vai ser implementado nos próximos três anos e contribuir para a criação de emprego. O projeto deve conduzir a nos finais de 2020 a empresa tenha mais de 660 colaboradores contratados.

Na empresa esteve também Carlos Moedas, Comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, que referiu ser “muito satisfatório ver empresas portuguesas a utilizarem tão bem o Fundo Europeu de Investimentos Estratégicos”, e lembrou que “Portugal está atualmente classificado entre os cinco maiores países da União Europeia em investimentos desencadeados em relação ao PIB”, e “o acordo assinado hoje com a Science4you mostra o impacto positivo que o Plano Juncker está a ter nas PME em toda a Europa.”

Carlos Moedas indicou ainda que a curto prazo, o projeto da Science4you “vai criar mais de 300 postos de trabalho em Portugal”, e a “longo prazo, ao investir na educação das nossas crianças através do conceito Science, Technology, Education and Maths (STEM), estamos a desenvolver a próxima geração de cientistas e inovadores.”

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz