Taxa de vacinação contra a gripe é inferior a 2016

Cerca de 563 mil portugueses com 65 ou mais anos já se vacinaram contra a gripe, um número que é inferior ao verificado, em período idêntico, no ano passado. Tempo quente durante o mês de outubro pode justificar a diminuição.

0
1
Partilhas
Tempo quente diminui taxa de vacinação contra a gripe
Tempo quente diminui taxa de vacinação contra a gripe. Foto: Rosa Pinto/arquivo

Dados recolhidos pelo Vacinómetro, um inquérito que monitoriza a vacinação contra a gripe em grupos prioritários na época gripal 2017/2018, revelam que desde o dia 1 de outubro já se vacinaram contra a gripe sazonal cerca de 563 mil portugueses com 65 ou mais anos.

Em termos de percentagem verifica-se que já foram vacinados contra a gripe 27,7 % dos indivíduos com 65 ou mais anos; 22,0 % dos indivíduos portadores de doença crónica; 19,3 % dos profissionais de saúde com contacto direto com doentes e 14,5 % dos portugueses com idades compreendidas entre os 60 e os 64 anos.

Em comparação com o mesmo período da época de 2016, verifica-se que a taxa de vacinação é inferior para todos os grupos avaliados. Esta diminuição pode, eventualmente, ser explicada “pelas condições ambientais com temperaturas mais elevadas que têm sido registadas em outubro.

O inquérito mostra também que dentro da população não vacinada, 43,7% indica que tenciona vacinar-se contra a gripe, durante esta época, e que do total dos inquiridos foram vacinados, pela primeira vez 16,9 % dos indivíduos pertencentes aos grupos prioritários para a vacinação.

O Vacinómetro indica que do total do grupo de indivíduos vacinados, os motivos que levaram à vacinação foram:

54,4% por recomendação do médico;

25,6% por iniciativa própria, para estar protegido;

9,1% no contexto de uma iniciativa laboral;

8,1% porque sabem que fazem parte de um grupo de risco para a gripe;

2,5% por recomendação do farmacêutico.

De acordo com as orientações da Direção Geral da Saúde, a vacina pode ser administrada durante todo o outono e o inverno, mas é recomendado que as pessoas tomem a vacina de preferência a até ao fim do ano de 2017.

Para além da vacina contra a gripe ser aconselhada a pessoas com idade entre os 60 e os 64 anos, é fortemente recomendada para determinados grupos, considerados grupos prioritários:

Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos;

Doentes crónicos e imunodeprimidos com 6 ou mais meses de idade;

Grávidas;

Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados (ex.: lares de idosos);

O Vacinómetro, que permite monitorizar em tempo real, a taxa de cobertura da vacinação contra a gripe em grupos prioritários recomendados pela Direção-Geral da Saúde, a cargo da empresa Spirituc, Investigação Aplicada, é um trabalho de iniciativa da Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o apoio da farmacêutica Sanofi Pasteur.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz