Teatro Nacional São João promove várias atividades para público online

Masterclass, leituras e a revisitação de Otelo são propostas do Teatro Nacional São João para se assistir em online. As atividades destinadas a todas as idades começam hoje e prolongam-se até 3 de maio.

0
Teatro Nacional São João promove várias atividades para assistir online
Teatro Nacional São João promove várias atividades para assistir online. Foto: ©João Tuna

O Teatro Nacional São João (TNSJ) continua a manter viva a atividade teatral e neste tempo de confinamento devido à pandemia convida o público assistir online. A transmissão semanal de espetáculos no digital arrancou com Castro, encenada por Nuno Cardoso – diretor artístico da Casa – e, todos os dias, têm sido partilhadas nas redes sociais memórias daqueles que habitaram o TNSJ e cujo testemunho integra o primeiro volume dos Cadernos do Centenário, O Elogio do Espectador.

Para esta semana o TNSJ preparou um programa que, para além da transmissão de um espetáculo, integra várias leituras e uma masterclass que se divide em três momentos e que arranca amanhã, às 18h00. As atividades decorrem até dia 3 de maio e podem ser acompanhadas no site do TNSJ, no Facebook e Instagram, assim como no Vimeo e no Zoom.

Quando a história do teatro se confunde com a da humanidade

No dia 7 de março assinalou-se o centenário do edifício do Teatro São João e Nuno Cardoso celebrou a efeméride com a apresentação de uma viagem improvisada e imprevisível desde a Antiguidade até aos dias de hoje, com a História do Teatro Ocidental em Duas Horas.

Para os que não tiveram oportunidade de participar e para os que queiram revisitar esta viagem alucinante pelo tempo e pelas formas de nos representarmos, entre amanhã e quinta-feira vai ser possível fazê-lo através da plataforma Zoom (acesso disponível em tnsj.pt). Às 18h00, o diretor artístico do TNSJ e o elenco quase residente da Casa reúnem-se virtualmente para uma masterclass sobre a História Universal do Teatro.

Leituras de Quarentena pela companhia quase residente

Para “espantar a solidão e o medo e para celebrar a vida”, o São João propõe as Leituras da Quarentena. Esta semana, as histórias de sete mulheres e três homens durante a Peste Negra ganham voz e expressão com a companhia quase residente da Casa – Afonso Santos, Joana Carvalho, João Melo, Maria Leite, Mário Santos e Rodrigo Santos expõem as idiossincrasias humanas com Decameron, de Giovanni Boccaccio. Esta obra do século XIV pode ser revisitada “virtualmente” através do site do TNSJ, do Vimeo (em vimeo.com/showcase/tnsj) e do Facebook, entre hoje e quinta-feira, às 22h00.

Como Tu serve de mote para convite aos mais novos

“Olha o céu / tão azul / que agora ficou cinzento: / vai voltar a ser azul / e a ter sol.” Esta estrofe da poeta e tradutora Ana Luísa Amaral integra o livro Como Tu, uma obra de onde brotam palavras que irradiam união e solidariedade e que são tão precisas nos dias que correm. A atividade é um convite aos mais novos para viajarem pela vida, educação ambiental, cidadania e sexualidades. O livro de poemas, que faz parte do Programa Nacional de Leitura, foi escolhido pelo Centro Educativo do TNSJ para iniciar este novo projeto de leituras. O arranque dá-se na quarta-feira, às 15h00, na plataforma zoom, e o acesso está disponível em tnsj.pt. Os interessados devem inscrever-se até ao início da sessão igualmente no site do São João.

Tragédia de Shakespeare assinala o arranque do mês de maio

Otelo, a segunda incursão de Nuno Carinhas no universo de William Shakespeare, sobe ao palco digital do São João para mais uma “temporada”. Nessa história que se precipita para o fim, o encenador serviu-se de um jogo de duplicidades para tornar o público numa testemunha cúmplice das mortes em direto. Pela mão de Pedro Filipe Marques, a música de Otelo regressa ao São João, através de uma transmissão no site, no Vimeo (em vimeo.com/showcase/tnsj) e nas redes sociais da Instituição. A emissão online decorre às 22h00 de sexta-feira, ficando disponível até às 24h00 de domingo.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!