The Lisbon MBA e Turismo de Portugal querem ideias para Museus

Financiamento de 100 mil euros para transformar uma ideia inovadora em produto digital que melhore a experiência dos visitantes em Monumentos e Museus. Para selecionar o melhor projeto o ‘The Lisbon MBA’ e Turismo de Portugal lançam concurso mundial.

0
4
Partilhas
The Lisbon MBA e Turismo de Portugal querem ideias para Museus
The Lisbon MBA e Turismo de Portugal querem ideias para Museus . Foto: © DR

Melhorar a experiência em Museus e atrair mais visitantes é o objetivo do concurso mundial de ideias, designado por ‘Tourism Innovation Competition. O concurso que vai na segunda edição é da responsabilidade do ‘The Lisbon MBA’ (o MBA da Nova School of Business and Economics e da Católica-Lisbon School of Business and Economics) e do Turismo de Portugal.

Com o concurso pretende-se selecionar uma ideia inovadora que conduza a uma solução digital concreta que melhore a experiência de visitantes em monumentos e museus, bem como atrair novos públicos. A ideia vencedora será financiada até 100 mil euros para se transformar num produto a ser implementado em Portugal.

O concurso é um desafio a ser promovido mundialmente para tentar captar as melhores ideias sobre o tema. Os candidatos a participar no concurso terão que responder à pergunta: “Como garantir uma melhor experiência ao visitante que, ao mesmo tempo, seja também um mecanismo de cocriação de conteúdo e promoção?” Depois de uma primeira seleção, os três finalistas serão convidados a apresentar as ideias numa conferência internacional, que terá lugar em Lisboa, durante o mês de março de 2017.

Anabela Possidónio, Diretora Executiva do ‘The Lisbon MBA’, referiu, citada em comunicado, que com esta iniciativa pretende-se “contribuir para promover, a nível mundial, a inovação e o empreendedorismo, duas competências que são muito importantes no ‘The Lisbon MBA’”.

“Neste caso, queremos que a inovação e o empreendedorismo possam contribuir para o aumento da competitividade do País, neste sector de importância acrescida em Portugal, onde representa cerca de 5% do PIB”, indicou ainda a responsável pelo ‘The Lisbon MBA’.

Luís Araújo, Presidente do Turismo de Portugal, referiu, citado em comunicado, que “desta forma, a utilização do património monumental e museológico nacional nas propostas de valor associado ao turismo afigura-se essencial, precisamente porque esse património é único, carece de valorização e é capaz de gerar experiências absolutamente autênticas e inigualáveis”.

“Estamos, por isso, convencidos que a geração de ideias que este concurso vai proporcionar contribuirá de forma decisiva para o esforço de digitalização da atividade turística que estamos a desenvolver e, em particular, o modo como os turistas experienciam a nossa oferta cultural, para além de reforçar o papel de Portugal como um destino turístico distintivo e inovador, logo mais competitivo”, acrescentou o responsável pelo Turismo de Portugal.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz