Últimos avanços em cancro reúne especialistas de 27 países em Braga

Os recentes avanços e caminhos para a transposição clínica nas áreas do cancro são apresentados em Braga no encontro Anual da Sociedade Internacional do Metabolismo do Cancro, que decorre de 17 a 19 de outubro.

0
Últimos avanços em cancro reúne especialistas de 27 países em Braga
Últimos avanços em cancro reúne especialistas de 27 países em Braga. Local do encontro, a Colunata Eventos do Bom Jesus. Foto: DR

Encontro Anual da Sociedade Internacional do Metabolismo do Cancro (ISCaM), organizado pelas Escolas de Medicina e de Ciências da Universidade do Minho, decorre na Colunata Eventos do Bom Jesus, em Braga, de 17 a 19 de outubro.

O encontro que vai na 6ª edição é, no entanto, a primeira vez que se realiza em Portugal, e reúne 200 especialistas de 27 países. O programa inclui 18 sessões plenárias, 16 comunicações orais e 92 posters, onde vão ser destacados os últimos avanços na área do cancro e os caminhos para a transposição clínica em temas como a progressão tumoral, a diversidade de tumores, a genética, a resposta imune e a morte celular programada.

No dia 17 de outubro, às 10h00, a sessão de abertura conta com as intervenções da pró-reitora para a Internacionalização da Universidade do Minho, Carla Martins, do presidente do Município de Braga, Ricardo Rio, do presidente da Liga Portuguesa contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte, Vítor Veloso, e das professoras Fátima Baltazar e Ana Preto, da comissão organizadora. Segue-se a conferência inaugural de Diane Barber, da Universidade de São Francisco, EUA, sobre as dinâmicas de regulação no cancro e o uso de células estaminais.

Os trabalhos continuam depois com diversos especialistas em metabolismo tumoral, nomeadamente das universidades de Oxford, Cambridge, do Reino Unido, Lovaina da Bélgica, Texas do EUA e Copenhaga da Dinamarca, e também de conceituados laboratórios e institutos estatais, da Associação Europeia da Investigação em Cancro e de multinacionais como a Nestlé.

A conferência final é no sábado, 19 de outubro, às 15h00, com Jacques Pouysségur, do Centro Científico do Mónaco, sobre a segmentação de pressões ácidas, nutricionais e oxidativas no cancro. Segue-se o fecho com a presidente do ISCaM, Silvia Pastoreková, a vice-presidente da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC), Joana Paredes, e as responsáveis da organização.

O evento é promovido pela Universidade do Minho, através do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) da Escola de Medicina e do Centro de Biologia Molecular e Ambiental (CBMA) da Escola de Ciências, com a parceria da ISCaM e o apoio de várias entidades e empresas.

Programa do encontro.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!