UMinho distinguida como a mais ativa da Europa em desporto universitário

Universidade do Minho foi considerada, pela Associação Europeia de Desporto Universitário, a instituição do ensino superior mais ativa na Europa. A distinção é entregue na Gala Anual, que decorre 12 a 14 de abril, em Madrid.

0
UMinho distinguida como a mais ativa da Europa em desporto universitário
UMinho distinguida como a mais ativa da Europa em desporto universitário. Foto: DR

Associação Europeia de Desporto Universitário (EUSA) distinguiu a Universidade do Minho (UMinho) como sendo a instituição de ensino superior mais ativa da Europa em desporto. A distinção é atribuída pela primeira vez na história da EUSA e vai ser entregue na sua Gala Anual, que se realiza de 12 a 14 de abril, em Madrid, Espanha.

A EUSA selecionou a UMinho de entre mais de 400 academias participantes nos 17 Campeonatos Europeus Universitários em 2017. A UMinho foi a que mais equipas e atletas levou, nomeadamente os apurados como campeões nacionais na respetiva modalidade.

A Universidade minhota, representada no desporto pela sua Associação Académica (AAUM), participou com 119 elementos em 13 modalidades: andebol, basquetebol 3×3, escalada, futebol, futsal, judo, karaté, remo, taekwondo, ténis, vólei de praia, voleibol e xadrez.

Fernando Parente, diretor do Departamento de Desporto e Cultura dos Serviços de Ação Social da UMinho, referiu: “Este título confirma a UMinho como uma das academias que mais tem contribuído para a afirmação do desporto na Europa. Isso é visível pelas equipas envolvidas, mas também pela organização de eventos nacionais e internacionais, pelos títulos conquistados e pela contínua aposta na prática desportiva e na promoção da qualidade dos atletas, contribuindo para a internacionalização da instituição.”

“O prémio ilustra bem que somos a academia que mais investiu no desporto universitário a nível europeu, que já é alta competição. Mostra ainda a nossa capacidade em apostar a este nível, seja pelos recursos ao dispor, pela importância da parceria UMinho/AAUM, pela mística que existe e pelos nossos excelentes atletas nas várias modalidades,” referiu Nuno Reis, presidente da AAUM.

Desde 2001, ano de fundação da EUSA, a UMinho esteve em 84 Campeonatos Europeus Universitários com 989 participantes, entre atletas, treinadores e dirigentes, alcançando 76 medalhas: 23 de ouro, 23 de prata e 20 de bronze, em seis modalidades. Foi a melhor universidade europeia em 2013, quatro vezes a segunda melhor e uma vez a terceira do Ranking da EUSA, que existe desde 2010.

A expetativa da UMinho para ano de 2018 é revalidar alguns títulos, até porque os Jogos Europeus Universitários são em Portugal, em julho. A UMinho já organizou cinco Europeus Universitários: voleibol em 2004, basquetebol em 2006, taekwondo em 2009, 2011, andebol em 2015, e em 2019 receberá o de futsal. Organizou ainda o Mundial Universitário de futsal em 1998, badmínton em 2008, xadrez em 2012, andebol em 2014 e acolhe o de ciclismo no verão de 2018.

A UMinho lembrou que “lançou os seus serviços desportivos há 25 anos, que mobilizam 10.000 pessoas nos polos de Braga e Guimarães”, e que “o posicionamento face ao desporto deve-se à articulação com o projeto educativo, à parceria estreita entre os Serviços de Ação Social e a Associação Académica e também à colaboração com cerca de duas dezenas de clubes e associações desportivos da região, como o ABC, o SC Braga e o Vitória de Guimarães.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!