Vacinação contra a COVID-19 é uma prioridade para doentes transplantados

Sociedade Portuguesa de Transplantação defende a inserção dos doentes transplantados na lista de prioridade para a vacinação contra a COVID-19. Os doentes estão por imunossupressão e pelas comorbilidades num risco de mortalidade por COVID-19 que pode atingir os 30%.

0
Vacinação contra a COVID-19 é uma prioridade para doentes transplantados
Vacinação contra a COVID-19 é uma prioridade para doentes transplantados

No XV Congresso Português de Transplantação organizado pela Sociedade Portuguesa de Transplantação (SPT), realizado em formato virtual, de 24 a 26 de março de 2021, e onde participaram cerca de 400 especialistas da área da transplantação, incluindo especialistas brasileiros, canadianos, espanhóis, entre outros, foram abordados temas de todas as áreas da transplantação como transplante de rim, fígado, coração, pulmão, e tecidos.

Os especialistas abordaram também questões de ética, números da transplantação, medidas para mitigar o efeito da pandemia na transplantação e a vacinação contra a COVID-19 dos doentes transplantados.

Os especialistas foram unânimes na perplexidade perante o facto dos doentes transplantados não terem sido ainda considerados grupo prioritário para a vacinação contra a COVID-19, dado que o risco acrescido para estes doentes, quer pela imunossupressão quer pelas comorbilidades que apresentam, condiciona um aumento da mortalidade por COVID-19 que pode atingir os 30%, dependendo do tipo de transplante.

A SPT, à semelhança de várias sociedades científicas internacionais, reforça o alerta para a importância dos doentes transplantados serem incluídos como grupo prioritário nos planos de vacinação.

A Sociedade Portuguesa de Transplantação elaborou um parecer que enviou às autoridades de saúde competentes há várias semanas e continua a aguardar resposta da inserção dos doentes transplantados no grupo de primeira prioridade para a vacinação contra a COVID-19.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!