Vacinados contra a gripe cresce entre os grupos prioritários

Um milhão de portugueses com 65 ou mais anos de idade já se encontra vacinado contra a gripe para o atual período sazonal. Vacinómetro indica que aumentou o número de vacinados dos grupos prioritários em relação ao ano anterior.

0
1
Partilhas
Aumentam os vacinados contra a gripe sazonal entre os grupos prioritários
Aumentam os vacinados contra a gripe sazonal entre os grupos prioritários. Foto: DR

Dados do Vacinómetro indicam cerca de um milhão de portugueses, com 65 ou mais anos de idade, já se vacinou contra a gripe para a época gripal 2017/2018. A monitorização dos grupos considerados prioritários permitiu concluir que desde 1 de outubro o número de vacinados já é superior ao que se verificou em idêntico período de 2016/2017.

Os dados agora divulgados indicam que já tomaram a vacina contra a gripe sazonal:

50,1 % dos indivíduos com 65 ou mais anos;

45,6 % dos indivíduos portadores de doença crónica;

33,8 % dos profissionais de saúde com contacto direto com doentes;

27,9 % dos indivíduos com idades compreendidas entre os 60 e os 64 anos.

Estas percentagens são uma indicação favorável à toma da vacina como meio de prevenção dado que em comparação com o mesmo período da época anterior a atual taxa de vacinação é superior para todos os grupos, com exceção dos profissionais de saúde, em que a taxa se mantém igual.

O sistema de observação do Vacinómetro permitiu conhecer que “dentro da população não vacinada, 34,4% tenciona vacinar-se contra a gripe, durante esta época sazonal.

De entre os indivíduos que já se vacinaram nesta época revelam que o conselho médico desempenhou um papel importante para a decisão, ou seja:

57,0% por recomendação do médico;

21,3% por iniciativa própria, para estar protegido;

13,6% no contexto de uma iniciativa laboral;

5,5% porque sabem que fazem parte de um grupo de risco para a gripe;

0,5% por recomendação do farmacêutico.

As entidades envolvidas na iniciativa do Vacinómetro lembram que, de acordo com as orientações oficiais nacionais, a vacina pode ser administrada durante todo o outono/inverno, de preferência até ao fim do ano civil. Uma vacinação que é fortemente recomendada para os seguintes grupos prioritários:

Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos;

Doentes crónicos e imunodeprimidos com 6 ou mais meses de idade;

Grávidas;

Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados (ex.: lares de idosos);

E aconselhável para pessoas com idade entre os 60 e os 64 anos.

O Vacinómetro, uma iniciativa que envolve a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o apoio da Sanofi Pasteur, já vai no nono ano de atividade. A iniciativa permite monitorizar em tempo real, a taxa de cobertura da vacinação contra a gripe em grupos prioritários recomendados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz