Verdades e mentiras da guerra do Ultramar no Teatro Carlos Alberto, no Porto

No Teatro Carlos Alberto a peça “Um Plano do Labirinto”, que faz parte do texto de Francisco Luís Parreira, e encenação de João Garcia Miguel, vai estar em cena de 9 a 19 de janeiro de 2020. A peça conta com João Lagarto como um dos intérpretes.

0
Verdades e mentiras da guerra do Ultramar no Teatro Carlos Alberto, no Porto
Verdades e mentiras da guerra do Ultramar no Teatro Carlos Alberto, no Porto. Foto:© Companhia João Garcia Miguel

João Garcia Miguel traz ao Teatro Carlos Alberto (TeCA), no Porto, mais uma irreverente encenação. A peça baseada no texto de Francisco Luís Parreira centra-se num conto mitológico que interroga as verdades e as mentiras de muitas histórias recolhidas da “nossa” guerra no “Ultramar”.

O espetáculo que assinala o arranque da programação de 2020 dos espaços geridos pelo Teatro Nacional São João (TNSJ) sobe ao palco e está em cena de 9 a 19 de janeiro de 2020.

“Esta peça leva o público numa viagem pelo passado português, refletindo, em especial, sobre a Guerra do Ultramar e o que foi a viagem dos seus protagonistas, numa perspetiva que pretende não deixar ninguém indiferente. É uma produção com um grande elenco, com João Lagarto, Sara Ribeiro e Paulo Mota, que estará em cena no Porto e em Lisboa”, referiu João Garcia Miguel, encenador do espetáculo.

A peça “Um Plano do Labirinto” perfaz a quarta criação conjunta de “uma estreita e durável relação” entre João Garcia Miguel e Francisco Luís Parreira. A peça é para maiores de 12 anos e pode ser vista na quarta-feira e sábado, às 19h00; na quinta e sexta-feira, às 21h00; e no domingo, às 16h00. Na récita de 17 de janeiro está prevista uma conversa pós-espetáculo.

O preço dos bilhetes é de 10 euros. Depois da passagem pelo Porto, o espetáculo ruma até Lisboa, onde está em cena no São Luiz Teatro Municipal, de 23 de janeiro a 2 de fevereiro.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!