Vetusta Morla no NOS Alive 2019 a 13 de julho, no Palco NOS

Banda Vetusta Morla já está confirmada para subir ao Palco NOS do festival do Passeio Marítimo de Algés no dia 13 de julho. No NOS Alive os Vetusta Morla apresentam o seu mais recente disco “Mismo Sítio, Distinto Lugar”.

0
Vetusta Morla no NOS Alive 2019 a 13 de julho, no Palco NOS
Vetusta Morla no NOS Alive 2019 a 13 de julho, no Palco NOS. Foto: DR

A confirmação já foi dada, os Vetusta Morla vão estar no NOS Alive’19. A banda do milénio em Espanha regressa assim a Portugal no dia 13 de julho e no Palco NOS apresenta o seu mais recente disco “Mismo Sítio, Distinto Lugar”.

O último trabalho dos Vetusta Morla nomeado para três Grammy Latinos – Melhor Álbum de Música Alternativa, Melhor Canção “Consejos de Sabios” e Melhor Design – o quarto álbum da banda, Disco de Ouro em Espanha, e um estrondoso e incomparável sucesso ao vivo.

Oriundos de Tres Cantos, a norte de Madrid, os Vetusta Morla – Pucho (voz), David “el Indio” (bateria), Álvaro B. Baglietto (baixo), Jorge González (percussão), Guillermo Galván (guitarra e teclados) e Juanma Latorre (guitarra e teclados) – juntaram-se no final dos anos 90, mas só editaram o primeiro disco em 2008. “Un Día En El Mundo” – que saiu em edição de autor – foi Disco de Platina por vendas superiores a 40 mil exemplares, conquistando não só o público, mas também a crítica especializada.

Em 2011 lançaram “Mapas”, trabalho que veio confirmar o talento do sexteto. O Disco de Ouro valeu-lhes o prémio da Rolling Stone para melhor digressão em 2012, ano em que deram mais de 100 concertos. Em 2014 saiu “La Deriva” que entrou diretamente para o primeiro lugar dos discos mais vendidos e contou com lotações esgotadas nas apresentações ao vivo em Espanha mas também no México, Argentina e Colômbia.

Vencedores de sete prémios da Música Independente em 2015 – melhor artista, álbum, canção “Fuego”, melhores ao vivo, melhor produção, fotografia e design –, os Vetusta Morla, foram ainda distinguidos com dois prémios pela revista Rolling Stone – “Melhor Disco do Ano” e “Grupo do Milénio”, um galardão comemorativo do 15.º aniversário da revista.

Em 2016, acumularam mais três distinções nos Prémios MIN da Música Independente: Melhor Artista, Melhor Banda ao Vivo e Melhor Videoclip (“Cuarteles de Invierno”). Mas foi com “La Deriva” que os Vetusta Morla se estrearam em Portugal, em 2015, esgotando a Casa da Música no Porto.

No final de 2018 saiu o quarto álbum de originais, “Mismo Sitio, Distinto Lugar. Em Portugal, foi editado em março de 2018 e apresentado ao vivo em maio no Hard Club, com lotação esgotada, e no Coliseu de Lisboa. Além de Portugal e de Espanha – onde se destaca o concerto que deram dia 23 de junho na Caja Magica, considerado o Melhor Concerto de 2018 no Prémio Ondas Nacional de Música -, os Vetusta Morla passaram pela América Latina (Argentina, Chile, Colômbia, México, Perú e Uruguai), regressando para uma digressão na Europa (Suíça, Áustria, Holanda, Bruxelas e Alemanha). O ano dos Vetusta Morla termina com mais uma sala esgotada, em Madrid, no WiZink Center, a 30 de dezembro, onde a banda vai celebrar o 10.º aniversário do álbum de estreia “Un Dia en El Mundo” e o 20.º aniversário do primeiro concerto.

Artistas confirmados já confirmados para o NOS Alive’19: Bon Iver, Cut Copy, Curadoria Bridgetown (Carla Prata, Dillaz, DJ Dadda, Nubai Soundsystem, Plutonio, Saint Jhn, Trace Nova e Lé Vie), Idles, Jorja Smith, Ornatos Violeta, Pip Blom, Robyn, The Chemical Brothers, The Cure, The Smashing Pumpkins, Sharon Van Etten, Vetusta Morla, Tash Sultana, Thom Yorke e Vampire Weekend.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!