FCT e Aga Khan apoiam 16 projetos para Africa com 4,6M€

Primeiro concurso FCT e Aga Khan aprova 16 projetos, onde vão investir um total de 4,6 milhões de euros. Os projetos envolvem instituições científicas e académicas africanas e portuguesas e vão ter um impacto significativo em África, nomeadamente nos PALOP.

0
FCT e Aga Khan apoiam 16 projetos para Africa com 4,6M€
Cientista em Laboratório. Foto: TVEuropa

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e a Fundação Aga Khan selecionaram 16 projetos para financiamento. Os projetos dizem respeito ao 1.º concurso realizado no âmbito do Protocolo de Cooperação Científica e Tecnológica entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e o Imamat Ismaili estabelecido em 2016.

O concurso para o financiamento de projetos conjuntos de investigação científica e desenvolvimento tecnológico, destinados a incentivar e fortalecer competências e capacidades científicas, técnicas, humanas e sociais dirigidas ao incremento da Qualidade de Vida nos Países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP) e noutras regiões de África, foi lançado em 2017.

FCT e Aga Khan apoiam 16 projetos para Africa com 4,6M€
FCT e Aga Khan apoiam 16 projetos para Africa com 4,6M€ – Distribuição por países

Ao concurso puderam candidatar-se os projetos existentes e colaborações em curso entre instituições científicas e académicas africanas e portuguesas, pelo que os projetos vão ter um impacto significativo em África, nomeadamente nos PALOP.

Das 73 candidaturas elegíveis foram selecionadas 16, distribuídas por oito países africanos. Os projetos apoiados no âmbito deste concurso têm a duração de três anos e representam um investimento total de 4,6 milhões de euros.

FCT e Aga Khan apoiam 16 projetos para Africa com 4,6M€
FCT e Aga Khan apoiam 16 projetos para Africa com 4,6M€. Distribuição por área temática
FCT e Aga Khan apoiam 16 projetos para Africa com 4,6M€
FCT e Aga Khan apoiam 16 projetos para Africa com 4,6M€. Distribuição por Países

Dada a natureza específica do Protocolo e a iniciativa inédita em Portugal, a implementação vai ser acompanhada por um Painel Científico de Acompanhamento Externo, presidido por António Rendas, da Universidade Nova de Lisboa. O painel vai assegurar a monitorização dos projetos, por forma a garantir a concretização dos resultados científicos propostos e o impacto desejado na Qualidade de Vida dos países africanos envolvidos.

Lista de Projetos aprovados

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!