12 Julho 2024

Tag: Organização Mundial da Saúde

Funcionária da Organização Mundial da Saúde morta por bombardeamento em Gaza

Funcionária da Organização Mundial da Saúde morta por bombardeamento em Gaza

Membro da equipa de saúde da Organização Mundial da Saúde é morta em Gaza. Dima Abdullatif Mohammed Alhaj foi vítima de bombardeamento sobre a casa dos pais onde se alojava. OMS pergunta: Quando é que isto vai parar?
Tedros Ghebreyesus, Diretor-Geral da Organização Mundial da Saúde

OMS: Os hospitais não são campos de batalha

Tedros Ghebreyesus, Diretor-Geral da Organização Mundial da Saúde, reforçou hoje que “a incursão militar de Israel no hospital Al-Shifa, na Cidade de Gaza, é totalmente inaceitável”, e “os hospitais não são campos de batalha”.

Gaza: Crianças com cancro evacuadas para Egipto e Jordânia

Na Faixa de Gaza os dois hospitais especializados em tratamento oncológico, incluindo em crianças, foram forçados a fechar. A OMS e o St Jude Children's Research Hospital coordenam envio de crianças com cancro para o Egito e a Jordânia.
OMS: em Gaza aumenta a propagação de doenças e as mortes

OMS: em Gaza aumenta a propagação de doenças e as mortes

Organização Mundial da Saúde alerta para uma catástrofe eminente de mortes de proporções inimagináveis, na Faixa de Gaza, dada a atual situação de propagação de doenças infeciosas em curso. Unidades de saúde e sistemas de água e saneamento já não funcionam.
Gaza: relatos de 7 de novembro indicam situação de horror a norte de Wadi Gaza

Gaza: relatos de 7 de novembro indicam situação de horror a norte de Wadi...

Camiões de Agência das Nações Unidas e da OMS, com material médico vital para hospitais na cidade de Gaza, foi atacado. Hospitais fazem amputações sem anestesia. Não há alimentos, água, saneamento e eletricidade.
OMS: Os ataques realizados a hospitais e ambulâncias em Gaza são inaceitáveis

OMS: Os ataques realizados a hospitais e ambulâncias em Gaza são inaceitáveis

Em Gaza, três hospitais e um comboio de ambulâncias com feridos foram bombardeados, no dia 3 de novembro, resultando em várias mortes e feridos. Organização Mundial da Saúde considera inaceitáveis as violações do Direito Humanitário Internacional.
Ambulâncias e hospitais sob bombardeamentos em Gaza

Ambulâncias e hospitais sob bombardeamentos em Gaza

Forças israelitas fizeram bombardeamentos intensos em toda a Faixa de Gaza – norte, centro e sul. Comboio de ambulâncias com feridos e hospitais foram bombardeados. Relato de 3 de novembro, do Gabinete das Nações Unidas – OCHA.
Agências da ONU: Em Gaza 50 mil mulheres grávidas e recém-nascidos em grave risco de vida

Agências da ONU: Em Gaza 50 mil mulheres grávidas e recém-nascidos em grave risco...

Em Gaza as mulheres, as crianças e os recém-nascidos estão a suportar desproporcionalmente o fardo da escalada das hostilidades, no que é território palestiniano...
Ambulâncias que evacuavam feridos são bombardeadas em Gaza

Ambulâncias que evacuavam feridos são bombardeadas em Gaza

Em Gaza ambulâncias que evacuavam feridos são bombardeadas pelas forças israelitas tendo resultado em diversas mortes e feridos.
Hospital oncológico em Gaza deixou de funcionar

Hospital oncológico em Gaza deixou de funcionar

Hospital da Amizade Turco-Palestina em Gaza deixou de funcionar. O Hospital era o principal centro de tratamento do cancro na Faixa de Gaza. O esperado aconteceu, falta de combustível e bombardeamentos impedem cuidados de saúde em Gaza.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS