António Maio termina em quarto no Dakar Challenge

O piloto da Yamaha Fino Motor Racing, António Maio, ficou em quarto no Dakar Challenge depois de cinco dias de etapas extremamente exigentes. No Merzouga Rally ficou em 24º posto da classificação geral, numa prova em que Juan Barreda foi o vencedor.

0
António Maio termina em quarto no Dakar Challenge
António Maio termina em quarto no Dakar Challenge. Foto: DR

António Maio concluiu a participação no Merzouga Rally, competição de todo-o-terreno disputada em Marrocos de 15 a 20 de abril, conquistando o quarto posto do Dakar Challenge, competição destinada aos pilotos que nunca participaram no Dakar e onde estiveram envolvidos mais de meia centena de inscritos.

Na última prova especial de 50 quilómetros cronometrados, com que terminou o rali, totalmente disputada nas dunas, o campeão nacional de todo-o-terreno 2018 e atual lider do Campeonato, pode disfrutar de forma inédita de uma partida em linha.

Foram cinco dias de uma competição muito dura e de exigente navegação que o piloto da Yamaha Fino Motor Racing cumpriu de forma exemplar ao lado de pilotos de excelência. Neste rali estiveram cinco equipas de fábrica, com uma lista de inscritos digna de um Dakar na qual apenas só não marcaram presença quatro ou cinco “pilotos de peso”.

O vencedor desta Dakar Series recebe um passaporte para a edição 2019 do Rali Dakar. Para António Maio foi a oportunidade de realizar um grande treino, estar junto de alguns dos melhores na modalidade, o que lhe permitiu compreender em que tem de evoluir.

António Maio à chegada da última etapa referiu: “Hoje era um dia para não comprometer resultados. Não se ganhava, mas poderia perder-se. Desta vez, ao contrário do ano passado, em que fui obrigado a desistir, foi possível experimentar uma partida com todos os pilotos ao mesmo tempo. O ano passado não tive esse prazer e foi magnífico. Foi uma prova dificil, mas excelente. Poder passar todos estes dias em cima da mota foi um ótimo treino. Ter a oportunidade de estar aqui, a competir uma vez mais em Marrocos só foi possível graças a toda uma equipa que fez um trabalho irrepreensível.”

Um momento que António Maia aproveitou para “agradecer a todos os que vieram” até Marrocos, mas também “a quem ficou em Portugal. Sem eles não seria possível estar aqui. Participar numa prova internacional desta envergadura só é possível com um grande trabalho de organização e logística que se deve a quem ficou em casa para que eu pudesse aqui estar.”

“Obrigado também aos que vieram comigo, a quem agradeço todo o esforço e dedicação diários. Tudo isto é fruto de um trabalho conjunto. Uns vieram outros ficaram. Quem sabe se um dia será possível trazer uma estrutura ainda mais completa e assim trazer também todos os elementos da equipa”, concluiu António Maio.

Com a alteração às classificações atribuida ao dia de ontem, em que se disputou a quarta especial, António Maio conclui o Merzouga Rally no 24º posto da classificação geral, numa prova em que Juan Barreda foi o vencedor.

O piloto da Yamaha Fino Motor Racing vai disputar, já daqui a uma semana, mas já em território nacional, o Raid TT da Ferraria, terceira jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, que se cumpre em Gavião.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!