Bell Boeing entrega primeiro Osprey MV-22 modificado

Primeiro Osprey MV-22 modificado é entregue pela Boeing e a Bell Textron Inc. ao Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. A atualização da aeronave reduz os tipos de configuração para simplificar a manutenção e as reparações.

0
Bell Boeing entrega primeiro Osprey MV-22 modificado
Bell Boeing entrega primeiro Osprey MV-22 modificado. Foto: Boeing

A Boeing e a Bell Textron Inc. fizeram a entrega do primeiro Osprey MV-22 modificado ao Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, o que vai melhorar a prontidão e confiabilidade da frota de tiltrotores. O Bell Boeing V-22 Osprey é uma aeronave militar multifunção, capaz de aterrar e de descolagem verticais num pequeno espaço. A aeronave foi desenhada para cumprir as funções de um helicóptero convencional e de um avião de turboélice de alta velocidade e longo alcance.

Os fuzileiros navais têm várias configurações em serviço da aeronave MV-22. Um programa Configuração Comum – Prontidão e Modernização (CC-RAM), a Boeing e a Bell Textron Inc estão a reduzir o número de configurações da Osprey MV-22 atualizando as aeronaves do bloco “B” para a configuração atual do bloco “C”.

“Nossa primeira aeronave CC-RAM que regressou à Estação Aérea do Corpo de Fuzileiros Navais em New River foi uma referência importante do programa”, referiu o coronel do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, Matthew Kelly, gestor do programa do V-22, e acrescentou: “Estamos satisfeitos por ver as melhorias em capacidade e prontidão que essas aeronaves CC-RAM trazem para a frota”.

Trata-se do início de uma evolução do Osprey, referiu Kristin Houston, vice-presidente da Boeing Tiltrotor Programs e diretora do Bell Boeing V-22 Program. “Através de um foco compartilhado em segurança e qualidade, a equipa da Bell Boeing está a entregar aeronaves MV-22 modernizadas, prontas para dar resposta aos nossos dedicados militares que confiam neste recurso essencial da aviação”.

A próxima entrega de uma aeronave está prevista para início de 2020.”Estamos ansiosos para que as aeronaves do bloco MV-22 restantes “B “se juntem novamente à frota com a configuração do bloco “C””, referiu Matthew Kelly.

Em novembro de 2019, a Marinha dos EUA concedeu ao programa mais de 146 milhões de dólares para atualizar nove aeronaves MV-22, com previsão de conclusão dos trabalhos para março de 2022.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!