Câmara Municipal de Lisboa antecipa pagamento a ONG’S no combate à COVID-19

Câmara Municipal de Lisboa liberta cerca de 600 mil euros para associações e organismos que trabalham em Lisboa no apoio social aos mais desprotegidos. As despesas das IPSS no combate à COVID-19 são faturadas em nome da autarquia.

0
Câmara Municipal de Lisboa antecipa pagamento a ONG’S no combate à COVID-19
Câmara Municipal de Lisboa antecipa pagamento a ONG’S no combate à COVID-19. Foto: © Rosa Pinto

A Câmara Municipal de Lisboa vai transferir de imediato as primeiras tranches das verbas contratuais, que normalmente ocorriam em maio, para associações e organismos que trabalham em Lisboa nas áreas dos sem-abrigo, deficiência, envelhecimento, apoio às famílias e à infância e saúde.

O valor de cerca de 600 mil euros é relativas a vários projetos e vai assegurar também a manutenção e reforço dos apoios destinados aos equipamentos e equipas de proteção à população sem-abrigo.

A CML indicou que “no quadro do regulamento de apoios municipais e dos contratos programa que a CML tem com várias IPSS que trabalham com a população vulnerável, a CML deu indicação para estas entidades faturarem em nome da autarquia todos os bens necessários para o combate à epidemia do COVID-19”.

As medidas adotadas pela CML “têm em conta a emergência de saúde pública de âmbito internacional relativa à doença COVID -19, declarada pela Organização Mundial de Saúde, no dia 11 de março de 2020, como uma pandemia”.

Para a CML “importa garantir que as entidades que trabalham na cidade ao nível do apoio aos cidadãos mais vulneráveis mantenham a sua capacidade de atuação”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!