27 Janeiro 2022

Tag: Coronavírus

Suplemento CoroQuil-Zn ajuda a reduzir carga viral da variante Ómicron

Suplemento CoroQuil-Zn ajuda a reduzir carga viral da variante Ómicron

Investigadores identificam mutações da variante Ómicron que a tornam capaz de fugir aos anticorpos. Investigação levou ao desenvolvimento do suplemento CoroQuil-Zn para reduzir a carga viral em pessoas com COVID-19.
Variante Ómicron do SARS-VoV-2 é resistente aos anticorpos atuais

Variante Ómicron do SARS-CoV-2 é resistente aos anticorpos atuais

Vacinas e anticorpos terapêuticos mostram pouca eficácia contra a variante Ómicron. Equipa de cientistas concluíram, em estudo de investigação, que uma terceira dose de reforço com a vacina da Pfizer-BioNTech mostra alguma eficácia sobre a Ómicron.
Identificados anticorpos que podem neutralizar a Ómicron

Identificados anticorpos que podem neutralizar a Ómicron

Anticorpos de pessoas que foram infetadas por variantes do SARS-CoV-2 ou que foram vacinadas contra a COVID-19 têm capacidade reduzida para bloquear a variante Ómicron. Investigadores identificaram quatro classes de anticorpos que neutralizam a Ómicron.
Coronavírus da COVID-19 infeta os rins e leva à formação de cicatrizes

Coronavírus da COVID-19 infeta os rins e leva à formação de cicatrizes

Cicatrizes nos tecidos dos rins podem ser resultado de uma Infeção dos rins pelo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a COVID-19. A infeção pode levar a danos renais, como o declínio funcional renal.
SARS-CoV-2 transmite-se de célula para célula fugindo aos anticorpos criados pela vacina

SARS-CoV-2 transmite-se de célula para célula fugindo aos anticorpos criados pela vacina

O SARS-CoV-2 está a ser eficiente na transmissão célula para célula. Esta transmissão não é sensível à inibição por anticorpos criados pelas vacinas nem por infeção anterior. Investigação recente mostra que o coronavírus adotou movimentos furtivos ao sistema imunitário.
Investigadores encontram evidências da COVID-19 em veados

Investigadores encontram evidências da COVID-19 em veados

Investigação da Universidade do Texas em El Paso, EUA, sugere que o veado pode ser uma possível fonte de infeção humana por SARS-CoV-2. Estudo mostra que mais de um terço das amostras recolhidas continha anticorpos neutralizantes do coronavírus.
OMS: Preocupações com a variante Ómicron e ações em curso

OMS: Preocupações com a variante Ómicron e ações em curso

Organização Mundial da Saúde indica que a variante Ómicron é mais transmissível que a variante Delta e que vários estudos apontam para uma redução da proteção das vacinas e de anteriores infeções de SARS-CoV-2 em relação à variante Ómicron.
Variante Ómicron pode levar a rápida sobrecarga dos hospitais

Variante Ómicron pode levar a rápida sobrecarga dos hospitais

Organização Mundial da Saúde mostra preocupação com a variante Ómicron: A variante está a espalhar-se rapidamente em países com altos níveis de vacinação. Devido à Ómicron as hospitalizações no Reino Unido e na África do Sul continuam a aumentar.
Modo de uso da mascara facial define eficiência na proteção da COVID-19

Modo de uso da mascara facial define eficiência na proteção da COVID-19

Uma máscara de tecido de três camadas sobre uma máscara cirúrgica fornece melhor proteção contra aerossóis respiratórios. A proteção pode ser mais de 85% no caso dos aerossóis da tosse e mais de 91% dos aerossóis exalados.
Vacina COVID-19 da Pfizer-BioNTech pode proteger da variante Ómicron

Vacina COVID-19 da Pfizer-BioNTech pode proteger da variante Ómicron

Três doses da vacina COVID-19 da Pfizer-BioNTech podem neutralizar a variante Ómicron. Estudos laboratoriais preliminares mostram que uma terceira dose pode aumentar os anticorpos 25 vezes mais em comparação com a toma de duas doses.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS