Casos graves da vacina COVID-19 vão ser indemnizados no Reino Unido

Reino Unido vai indemnizar os casos graves pela toma da vacina contra a COVID-19. O apoio financeiro é de cerca de 133 mil euros. O Governo considera a medida como preventiva e Agência Reguladora vai manter a segurança da vacina sob revisão contínua.

0
Casos graves da vacina COVID-19 vão ser indemnizados no Reino Unido
Casos graves da vacina COVID-19 vão ser indemnizados no Reino Unido. Foto: © Rosa Pinto

O Governo do Reino Unido está a tomar medidas de precaução, antes do início da vacinação contra a COVID-19, e em linha com outros programas de imunização. Assim, na possibilidade “muito rara” de uma pessoa ficar gravemente incapacitado como resultado de ter tomado a vacina contra a COVID-19 vai ter acesso a assistência financeira.

Não foi relatada nenhuma preocupação de segurança sobre as vacinas autorizadas para uso após rigorosos testes clínicos que envolveram dezenas de milhares de pessoas e extensa análise da segurança, qualidade e eficácia pelos especialistas da Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde, no entanto o Governo assume a preocupação neste caso da vacina, alinhando-a com as restantes vacinas aprovadas.

A vacina da Pfizer / BioNTech é a primeira vacina COVID-19 a ser autorizada para uso no Reino Unido, e a Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde vai manter a segurança sob revisão contínua.

No caso das vacinas COVID-19 que vão ser distribuídas a uma grande proporção da população adulta, o Governo vai garantir que os adultos que recebem a vacina COVID-19 no Reino Unido ou na Ilha de Man, ou como parte de um tratamento médico das Forças Armadas são cobertos pela Lei de Pagamentos de Danos por Vacinas.

Assim, todos os que venham a sofrer de uma deficiência grave em resultado da toma da vacina contra a COVID-19 recebem um apoio financeiro livre de impostos no montante de 120.000 libras o equivalente a 133.000 euros.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!