Centro de supercomputação do Minho vai começar a ser construído

Centro de supercomputação do Minho assinou hoje a convenção de acolhimento do computador de alto desempenho. O Centro tem agora as condições para aquisição, instalação e manutenção do supercomputador, que deverá estar operacional até ao final de 2020.

0
Centro de supercomputação do Minho vai começar a ser construído
Centro de supercomputação do Minho vai começar a ser construído. Foto: EuroHPC

De entre os oito centros de supercomputação a instalar em oito países da União Europeia, encontra-se o Centro de supercomputação do Minho, em Portugal que foi selecionado como entidade de acolhimento para um dos primeiros supercomputadores da Empresa Comum Europeia para a Computação de Alto Desempenho (EuroHPC).

Hoje, em Estrasburgo, os representantes dos oito Centros reuniram-se e assinaram as convenções de acolhimento que vão permitir lançar o processo de adjudicação para a aquisição, instalação e manutenção dos novos supercomputadores.

O supercomputador com capacidade para executar mais de um Petaflop, ou seja mil biliões de cálculos (com virgula flutuante) por segundo (flop por segundo), ficará como propriedade da EuroHPC.

O programa de construção do centro de supercomputação do Minho prevê que o supercomputador fique operacional durante o segundo semestre de 2020 para utilizadores europeus do meio académico, da indústria e do setor público.

A Comissão Europeia lembrou, que entretanto, a cooperação europeia para a construção de supercomputadores de craveira mundial está a expandir-se com a adesão da Macedónia do Norte à iniciativa como 30.º país participante.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!