Certificação da cibersegurança das redes 5G europeias

Cibersegurança das redes 5G é uma das preocupações da Comissão Europeia, que encarrega a Agência da União Europeia para a Cibersegurança do desenvolvimento de uma Certificação comum de cibersegurança das redes 5G europeias.

0
Certificação da cibersegurança das redes 5G europeias
Certificação da cibersegurança das redes 5G europeias. ENISA

A Comissão Europeia pretende dotar as redes europeias de 5G de uma certificação de cibersegurança. O objetivo é ajudar a resolver os riscos relacionados com as vulnerabilidades técnicas das redes e a reforçar ainda mais a sua cibersegurança. O sistema de certificação deverá ser desenvolvido pela Agência da União Europeia para a Cibersegurança (ENISA, na sigla do inglês).

Para a Comissão Europeia a certificação desempenha um papel fundamental no aumento da confiança e da segurança nos produtos e serviços digitais. Atualmente existem na Europa vários sistemas de certificação de segurança para os produtos tecnológicos, incluindo as redes 5G. Um sistema comum único de certificação vai tornar mais fácil as empresas operar além-fronteiras e para os clientes compreenderem as características de segurança de um determinado produto ou serviço.

A ENISA indica em comunicado que vai preparar um novo esquema candidato de certificação de cibersegurança em 5G que melhore ainda mais a segurança cibernética das redes 5G, e possa contribuir para lidar com certos riscos, como parte de uma estratégia mais ampla de mitigação de riscos.

“O esquema de certificação de cibersegurança em 5G será baseado em disposições já disponíveis por meio de esquemas de certificação de cibersegurança existentes, bem como na experiência já adquirida desde que a Agência começou a se envolver na certificação de cibersegurança” indica a ENISA.

Thierry Breton, Comissário Europeu para o Mercado Interno, afirmou:“A segurança está no centro da implementação da tecnologia 5G. A certificação em toda a UE, em combinação com outros tipos de medidas na caixa de ferramentas 5G da UE, apoia os nossos esforços para otimizar a segurança 5G e corrigir vulnerabilidades técnicas. É por isso que é importante que os Estados Membros façam mais progressos na implementação da Caixa de Ferramentas”.

A ENISA para o desenvolvimento de um esquema de certificação de cibersegurança para 5G vai cooperar com o European Cybersecurity Certification Group (ECCG), o NIS Cooperation Group Work Stream e o subgrupo sobre padronização e certificação 5G.

O Diretor Executivo da Agência da UE para Cibersegurança, Juhan Lepassaar, disse: “ A certificação de redes 5G surge como o próximo passo lógico na Estratégia de Segurança Cibernética da UE para a Década Digital. A nova iniciativa baseia-se nas ações já realizadas para mitigar os riscos de segurança cibernética da tecnologia 5G ”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!