Companhia aérea “Moxy” de David Neeleman encomenda 60 aviões A220-300

Companhia aérea low-cost de David Neeleman, a “Moxy”, faz encomenda à Airbus de 60 aviões A220-300. Uma aeronave de corredor único para 100 a 150 lugares, com grande eficiência operacional e grande conforto para o passageiro.

0
Companhia aérea “Moxy” de David Neeleman encomenda 60 aviões A220-300
Companhia aérea “Moxy” de David Neeleman encomenda 60 aviões A220-300. Foto: © Airbus/F.Lancelot

A startup dos Estados Unidos com o nome “Moxy” assinou uma encomenda com a Airbus para a compra de 60 aviões A220-300. A Moxy é a nova empresa aérea liderada por David Neeleman, um dos empresários mais inovadores da indústria e fundador da JetBlue Airways. Além da JetBlue, Neeleman também fundou a Azul Brazilian Airlines e é o investidor envolvido na revitalização da TAP Air Portugal.

Os planos da “Moxy”, uma companhia aérea de Low Cost, foram revelados no Farnborough International Air Show, em julho. Para David Neeleman “o A220-300 é o avião certo para uma nova companhia aérea que se foca no serviço aos passageiros e na sua satisfação”

David Neeleman acrescentou: “Com um baixo custo de operação e um muito espaçoso, o A220 vai permitir oferecer aos passageiros tarifas mais baixas e uma experiência de voo confortável e de alta qualidade. A capacidade do A220 de operar lucrativamente em mercados estreitos e mal servidos num amplo espetro de faixas é única”.

“A Moxy está voltada para o futuro, então não consigo pensar num avião melhor para a sua frota do que um A220”, referiu Christian Scherer, diretor comercial da Airbus. “Acreditamos que o A220 realmente é o futuro deste segmento do mercado, e os passageiros de viagens aéreas saberão, a partir do momento em que entrem a bordo, que estão a experimentar o melhor que o setor tem a oferecer.”

A encomenda foi concluída na última semana de dezembro. A Airbus vai produzir os A220-300 numa nova instalação de montagem nos EUA, em Mobile, Alabama. A unidade ficará adjacente à instalação de montagem existente da Airbus A320, e começa a ser construída no final de janeiro.

O A220 é uma aeronave construída para o mercado dos 100 -150 lugares, e oferece eficiência de combustível imbatível, com o conforto de um verdadeiro widebody numa aeronave de corredor único. O A220 reúne a aerodinâmica de última geração, materiais avançados e os motores turbofan de última geração da Pratt & Whitney, e oferece pelo menos 20% menos consumo de combustível por lugar de passageiro em comparação com as aeronaves da geração anterior. Com um alcance de até 3.200 milhas náuticas, ou 5.020 km, o A220 oferece o maior desempenho de aeronaves de corredor único.

Com uma carteira de encomendas de mais de 500 aviões até à data, o A220 tem todas as credenciais para ganhar conquistar a maior parte do mercado de aeronaves de 100 a 150 lugares. Um mercado que é estimado em pelo menos 7.000 aeronaves nos próximos 20 anos.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!