Concerto “Mozart e Schumann” dá continuidade à “Temporada Darcos”

Concerto “Mozart e Schumann” interpretado pelo grupo Ensemble Darcos tem lugar no Hotel Dolce Campo Real, dia 27 de setembro, às 17h00, com entrada gratuita. É o regresso da “Temporada Darcos” com coorganização da Câmara Municipal de Torres Vedras.

0
Concerto
Concerto "Mozart e Schumann" dá continuidade à "Temporada Darcos". Foto: © Rosa Pinto

A “Temporada Darcos” que tem coorganização da Câmara Municipal de Torres Vedras regressa no próximo dia 27 de setembro, com um concerto intitulado “Mozart e Schumann”. O concerto realiza-se no Hotel Dolce Campo Real, situado perto da localidade da Cadriceira, pelas 17h00, tem entrada gratuita.

“Mozart acordou com o editor Franz Hoffmeister a composição de três quartetos com piano, género pouco usual durante o classicismo vienense, pensando num público amador que pudesse executá-los. Mozart compôs o Quarteto com piano k. 493 com maior complexidade do que seria desejável, pensando-o mais para uso próprio.

Schumann escreveu o Quarteto para piano e cordas op.47 no ano de 1842 (na sua produção, o ano dedicado à música de câmara) quando em conjunto com sua esposa Clara, dedicava os serões a estudar trios e quartetos de Mozart e Beethoven, modelos nos quais se inspirou. O andamento lento oferece-nos uma das mais românticas melodias de Schumann, protagonizada pelo violoncelo”.

Do programa do concerto de 27 de setembro, que será interpretado pelo grupo Ensemble Darcos, faz parte:

A. Mozart (1756 – 1791) – Quarteto com piano, em Mib Maior, K. 493

I. Allegro
II. Larghetto
III. Allegretto

Schumann (1810-1856) – Quarteto para piano e cordas em mi bemol maior (op. 47)

I. Sostenuto Assai – Allegro Ma Non Troppo
II. Scherzo: Molto Vivace
III. Andante Cantabile
IV. Finale: Vivace

No concerto “Mozart e Schumann” o grupo Ensemble Darcos será constituído por: José Pereira (violino), Reyes Gallardo (viola), Filipe Quaresma (violoncelo) e Hélder Marques (piano).

A “Temporada Darcos” constitui-se como uma iniciativa singular no panorama artístico na qual se divulga a música clássica segundo diversas abordagens dadas por autores europeus de referência, sendo dirigida pelo compositor e maestro torriense Nuno Côrte-Real. Os espetáculos desta temporada são na sua maioria interpretados pelo grupo Ensemble Darcos.

De realçar que aclamados solistas e orquestras nacionais e internacionais têm participado nesta iniciativa. Tendo como ponto de partida o concelho de Torres Vedras, e sendo coorganizada pela Câmara Municipal de Torres Vedras, a “Temporada Darcos” tem em 2020 a sua 13.ª edição.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!