Concurso para recrutar 1.000 técnicos superiores para Administração Pública

Governo pretende pré-selecionar 1.000 técnicos superiores para uma bolsa de emprego para a Administração Pública. O aviso do procedimento concursal foi publicado hoje, 8 de julho, em www.bep.gov.pt.

0
Concurso para recrutar 1.000 técnicos superiores para Administração Pública
Concurso para recrutar 1.000 técnicos superiores para Administração Pública. Foto: © Rosa Pinto

O Ministério das Finanças publicou hoje um aviso na Bolsa de Emprego Público (BEP), em www.bep.gov.pt, referente à abertura do procedimento concursal de recrutamento centralizado para a constituição de reservas de 1.000 técnicos superiores.

O concurso está aberto durante 15 dias úteis, e os candidatos devem utilizar preferencial de meios eletrónicos. São admitidos candidatos de nacionalidade portuguesa, maiores de 18 anos, com o grau académico de licenciatura, e com ou sem vínculo de emprego público previamente estabelecido.

O concurso vai permitir “constituir reservas de recrutamento para a carreira geral de técnico superior”, para contratação com “vínculo de emprego público na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas, por tempo indeterminado, em diferentes áreas: jurídica; económico-financeira; planeamento, controlo e avaliação; relações internacionais e ciência política; e estatística”.

Os candidatos são, para efeito de pré-seleção, submetidos a “uma prova de conhecimentos e de uma avaliação psicológica”. Os aprovados vão integrar “uma bolsa de recrutamento válida durante 24 meses, à qual os órgãos ou serviços poderão recorrer quando tiverem necessidades de pessoal a suprir”.

Com este procedimento “o Governo procura reconstituir e revitalizar o corpo técnico da Administração Pública, apostando nas áreas estratégicas do Estado e recuperando a sua massa crítica. Para além disso, permite dotar os centros de competências e os serviços de trabalhadores qualificados em áreas especializadas, garantindo assim os adequados níveis de funcionalidade dos serviços públicos”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!