Coronavírus: Universidade do Minho suspende aulas em Braga

Universidade do Minho, em Braga, suspende aulas, conferências e outros eventos, e encerra cantinas, bibliotecas e edifício do Instituto de Ciências Sociais, como suspende deslocações e toma outras medidas para prevenção de propagação do coronavírus.

0
Coronavírus: Universidade do Minho suspende aulas em Braga
Coronavírus: Universidade do Minho suspende aulas em Braga. Foto: © Rosa Pinto

Depois de estar confirmado um caso de infeção por coronavírus na comunidade universitária no Campus Gualtar, em Braga, a Universidade do Minho decidiu assumir um conjunto de medidas para prevenir e controlar eventual propagação do vírus.

As medidas adotadas incluem a suspensão e o encerramento de atividades e edifícios:

1.A não autorização das deslocações em serviço;​

2.A suspensão das deslocações em serviço que tenham sido previamente autorizadas;​​

3.É encerrado o edifício do Instituto de Ciências Sociais (Edifício 15 do campus de Gualtar);​

4.A suspensão das atividades pedagógicas no campus de Gualtar;​

5.O encerramento dos serviços de bibliotecas e as unidades alimentares no campus de Gualtar;​

6.A suspensão dos eventos e atividades desportivas no campus de Gualtar;​​

7.A suspensão da realização de conferências, seminários, cerimónias e eventos de natureza similar no campus de Gualtar.

Outras medidas e procedimentos:

1.Professores, investigadores, trabalhadores técnicos, administrativos e de gestão e estudantes oriundos de países com casos confirmados de Covid-19 devem voluntariamente submeter-se a um período de quarentena, de 14 dias, após a sua chegada ao país;​

2.O modo de funcionamento das unidades de serviços da Universidade, dos Serviços de Ação Social e dos serviços das unidades orgânicas, com atividade no campus de Gualtar, vai ser redefinido;

3.É suspensa a utilização dos terminais de leitura biométrica para controlo de assiduidade até que se encontrem disponíveis soluções de desinfeção para colocação ao lado destes terminais. O controlo e validação de assiduidade passa a ser feita pelo respetivo superior hierárquico direto.​

A Universidade recomenda ainda que:

1.Seja reduzida ao mínimo a utilização das instalações da Universidade em Gualtar pelos membros da comunidade universitária;

2.Seja reduzida ao mínimo a realização de conferências, seminários, cerimónias e eventos de natureza similar no campus de Azurém e nos restantes espaços da Universidade.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!