Criada “brigada” de professores para acompanhamento de proximidade

Ministério da Educação cria “brigada” de professores para garantir um acompanhamento de proximidade às escolas, para uma harmonização de tarefas e procedimento, e garantir que as redes de escolas já constituídas se mantêm ativas.

0
Criada “brigada” de professores para acompanhamento de proximidade
Criada “brigada” de professores para acompanhamento de proximidade. Foto: © Rosa Pinto

O Ministério da Educação (ME) indicou que a partir desta semana, as escolas vão dispor de uma “brigada” de apoio, constituída por professores das equipas regionais da Autonomia e Flexibilidade Curricular, por embaixadores do E-twinning e Laboratórios de Aprendizagem, por embaixadores do Programa de Educação Estética e Artística e pelos coordenadores interconcelhios da Rede de Bibliotecas Escolares.

A criação da “brigada” é justificada pelo ME devido ao surto epidemiológico que o país atravessa, que está a obrigar que haja “uma adaptação do processo de ensino-aprendizagem”.

A equipa de professores “tem como função garantir um acompanhamento de proximidade às escolas, contribuindo para recolher boas práticas, mas também constrangimentos sentidos, e para poder auxiliar as escolas, de forma articulada com os serviços centrais do Ministério da Educação”.

A “brigada” “estamos on com as escolas”, é composta por mais de uma centena de profissionais, que “terá ainda como papel – dadas as áreas de especialidade dos professores que as integram (literacia, tecnologia, currículo) – constituir-se como apoio especializado em algumas necessidades identificadas pelas escolas, possibilitar uma harmonização de tarefas e procedimento, e garantir que as redes de escolas já constituídas se mantêm ativas”.

Para o ME o trabalho a ser executado pela “brigada” “é essencial para que as escolas se sintam ainda mais apoiadas, complementando o trabalho que também as Associações de Professores ou Sociedades Científicas estão a fazer, em parceria com a Direção-Geral da Educação, disponibilizando na página https://apoioescolas.dge.mec.pt/ recursos educativos e formação a distância”.

Hoje, 23 de março, “é lançado um instrumento de apoio aos diretores das escolas públicas e privadas, que permite uma resposta mais ágil e centralizada. Este instrumento de contacto com os diretores está disponível em https://www.dgeste.mec.pt/apoio-diretores-estamos-on/”.

O ME indicou que “ambas as ferramentas (site de apoio às escolas e instrumento de apoio aos diretores) apresentam conjuntos de FAQ (perguntas e respostas mais frequentes) que esclarecem vários tópicos e questões que são colocados diariamente pelas escolas, as quais estão em permanente atualização”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!